Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3989
Título: Quando a agressão virtual coloca em risco a vida real : Cyberbullying, perceção do suporte social e ideação suicida
Autor: Faria, Carla Luísa Mendonça de
Orientador: Pereira, Maria Gouveia
Palavras-chave: Adolescência
Agressão entre pares
Cyberbullying
Perceção do suporte social
Ideação suicida
Aggression among peers
Adolescence
Perception of social support
Suicidal ideation
Suicidal ideation
Data de Defesa: 2015
Resumo: O presente estudo tem como principal objetivo verificar se existe uma relação entre o fenómeno de cyberbullying e a ideação suicida, sendo esta relação mediada pela perceção dos jovens quanto ao suporte social (por parte dos amigos, da família, dos professores e dos outros em geral). Assim, pretende-se verificar se o cyberbullying e uma baixa perceção em relação ao suporte social potenciam a presença de ideação suicida nos jovens envolvidos neste fenómeno, assim como se há diferenciação destas variáveis (perceção do suporte social e ideação suicida) nos quatro grupos em estudo (grupo 1 - vítimas, grupo 2 - agressores, grupo 3 - vítimas-agressores, grupo 4 – nem vitimas nem agressores), assim como diferenças a nível do género e dos grupos etários. Os participantes serão 375 adolescentes estudantes (175 estudantes do sexo masculino e 200 estudantes do sexo feminino), com idades compreendidas entre os 12 e os 17 anos, que estejam a frequentar entre o 5º ano e o 12º ano de escolaridade, de duas escolas básicas e secundárias situadas no distrito de Lisboa. Quanto aos instrumentos a ser usados para a recolha de dados estes consistem em: dois questionários relativos ao Cyberbullying (CBQ e CBQ-V), uma Escala de Perceção de Apoio Social, um Questionário de Ideação Suicida e, por fim, um questionário sociodemográfico. Relativamente aos resultados esperados, de acordo com a literatura relacionada com esta temática, espera-se confirmar as hipóteses em estudo, ou seja, verificar a existência de uma relação entre as variáveis em estudo (cyberbullying e ideação suicida) mediada pela perceção do suporte social. Espera-se também quanto ao problema de investigação que existam diferenças entre os intervenientes no cyberbullying quanto à perceção do suporte social e à ideação suicida.
ABSTRACT:The present study has as main objective to verify that there is a relationship between the phenomenon of cyberbullying and suicide ideation, being this relationship mediated by the perception of young people in relation to social support (from friends, family, teachers and others in general). Thus, it is intended to verify if cyberbullying and the low social support perception potentiate the presence of suicidal ideation in young people involved in this phenomenon, as well as whether it is possible to differentiate these variables (perception of social support and suicidal ideation) in the four study groups (group 1 - victims, group 2 - aggressors, group 3-victims-aggressors, group 4 – neither victims nor aggressors), as well as gender differences and age groups. Participants will be 375 adolescent students (175 male and 200 female), aged between 12 and 17 years old, who are attending between 5th and 12th grade level, from two primary and secondary schools in Lisbon. The instruments to be used consist of two questionnaires related to Cyberbullying (CBQ and CBQ-V), a Scale of Social Support Appraisals, a Suicidal Ideation Questionnaire and, finally, a demographic questionnaire. As for the expected results, according to the literature and studies related to this theme it is expected to confirm the hypotheses under this study, namely the existence of a relationship between the variables under this study (cyberbullying and suicidal ideation) mediated by social support perception. It is expected also as regards the research problem that there are differences between those involved in cyberbullying as to the social support perception and suicidal ideation.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3989
Designação: Mestrado em Psicocriminologia
Aparece nas colecções:PLEG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
22689.pdf846,28 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.