Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3973
Título: “Vivi numa casa longe da minha casa” : Um estudo fenomenológico da experiência da institucionalização
Autor: Machado, Patrícia Monteiro
Orientador: Rodrigues, Vitor Amorim
Palavras-chave: Família
Institucionalização
Método fenomenológico de Amadeo Giorgi
Family
Institutionalization
Phenomenological method of Amadeo Giorgi
Data de Defesa: 2015
Resumo: O presente estudo tem como objetivo principal a exploração e compreensão da experiência subjetiva dos sujeitos que passaram pela institucionalização, por outras palavras, perceber o fenómeno da institucionalização através do olhar dos sujeitos que vivenciaram esta experiência. A metodologia aplicada neste estudo insere-se na utilização do método fenomenológico Amadeo Giorgi, para que desta forma, seja possível estudar os fenómenos vividos pelos diferentes indivíduos e alcançar uma descrição final com os constituintes essenciais e invariáveis desta experiência subjetiva. A amostra é constituída por cinco participantes do sexo feminino que vivenciaram a institucionalização, com idades compreendidas entre os 21 e 29 anos. Os resultados indicam que o significado da experiência da institucionalização está intrinsecamente associado a desproteção que os sujeitos estavam sujeitos na sua anterior casa, bem como a vínculos afetivos, suporte emocional e sofrimento psicológico que os participantes vivenciaram ao longo do período em que viveram na Instituição. Os sentimentos de perda, angústia e sofrimento psicológico que estão predominantes nesta experiência são apaziguados através de um suporte emocional. Por fim, as mudanças na forma de estar e ser no mundo, representam outro constituinte essencial desta experiência.
ABSTRACT: The present study has as main objective the exploration and understanding of the subjective experience of individuals who have gone through institutionalization, that is, to understand the phenomenon of institutionalization through the eyes of the individuals who experienced it. The methodology used in this study is the phenomenological method of Amadeo Giorgi, to be possible the study of phenomena experienced by different individuals and achieve a final description with the essential and invariable constituents of this subjective experience. Five female participants consisted who experienced institutionalization consited in this sample, aged between 21 and 29 years. The results indicate that the meaning of the experience of institutionalization is intrinsically associated with the deprotection that the subjects were under their previsously home, such as the emotional ties, emotional support and psychological suffering that participants experienced during the period in which they lived in the institution. Feelings of loss, anguish and psychological suffering that are prevalent in this experience are appeased through an emotional support. Finally, changes in the way of be and being in the world, are another essential constituent of this experience.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3973
Designação: Mestrado em Psicologia Clínica
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
19788.pdf1,21 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.