Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/388
Título: Abordagem centrada na familia: Avaliação de práticas num projecto de intervenção precoce
Autor: Cara-Linda, Maria Antónia do Carmo Paulo Reis
Palavras-chave: Psicologia educacional
Família
Avaliação
Intervenção precoce
Projecto
Modelos
Instrumentos
Educational psychology
Family
Assessment
Early intervention
Project
Models
Instruments
Data de Defesa: 2007
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Resumo: A evolução de modelos e práticas em Intervenção Precoce tem sofrido, nas últimas décadas grandes alterações em função dos avanços nas conceptualizações teóricas e investigações' associadas, mobilizando um número cada vez maior de estudos ao nível da comunidade científica. O estudo que apresentamos, enquadra-se no âmbito da investigação em Intervenção Precoce, e propõe-se avaliar as práticas desenvolvidas num Projecto de Intervenção Precoce, auscultando famílias, técnicos e estruturas educativas da comunidade, na perspectiva de melhorar e ajustar essas práticas aos actuais modelos conceptuais e às necessidades das famílias que são atendidas, tendo em conta o contexto onde o projecto se insere. Neste sentido definiram-se três objectivos de investigação: - Auscultar o parecer dos técnicos do PIP e estruturas educativas sobre as práticas desenvolvidas pelo mesmo. - Analisar a opinião das educadoras do ensino regular com crianças apoiadas pelo PIP sobre o apoio / orientação recebidas por parte deste. - Conhecer e analisar as percepções dos pais e técnicos sobre o envolvimento familiar nos processos de avaliação e intervenção. Para o desenvolvimento do estudo utilizamos uma metodologia de natureza essencialmente qualitativa. Aplicamos questionários para conhecer a opinião de técnicos, coordenadores e educadores das estruturas educativas. Para conhecer as percepções das famílias e técnicos sobre o envolvimento familiar nos processos de avaliação e intervenção optámos por um questionário aplicado às famílias em situação de entrevista, de forma a assegurarmo-nos que todas as questões eram compreendidas. Na mesma altura foi também solicitado em paralelo o preenchimento de um questionário paralelo ao técnico que acompanhava a família. Os resultados do estudo indicam uma prática de Intervenção Precoce, com uma articulação interserviços em que a equipa constituída por técnicos de formação diversificada assume um papel relevante de suporte e apoio às práticas. O envolvimento parental activo é referido por vários autores, como indispensável em Intervenção Precoce, devendo as práticas de IP devem implicar uma cooperação participada dos pais nos processos de avaliação, planificação e intervenção. Os resultados do estudo indicam que as famílias apoiadas se percepcionam envolvidas quer nos processos de avaliação, quer na intervenção e que esse envolvimento é igualmente percepcionado pelos técnicos. Numa análise comparativa, os resultados indicam que, nas práticas de intervenção, não há diferenças significativas entre pais e técnicos. No entanto, o envolvimento dos pais na avaliação é percepcionado pelos técnicos como mais elevado, havendo diferenças significativas relativamente às percepções dos pais. Os resultados mostram também que há alguns aspectos que a equipa deve reequacionar, nomeadamente no que se refere à formalização e entrega de registos escritos aos pais. Na sua globalidade, os resultados obtidos revelam indicadores de qualidade, na linha das principais teorias defendidas na revisão de literatura: no trabalho com as famílias, no trabalho de equipa e na articulação de serviços.
Descrição: Dissertação de mestrado em Psicologia Educacional
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/388
Aparece nas colecções:PEDU - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM CARA1.pdf12,02 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.