Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3852
Título: Estudo da relação de vinculação mãe-bebé em mães reclusas e mães não reclusas
Autor: Henrique, Sara Filipa de Oliveira
Orientador: Pereira, Maria Gouveia
Palavras-chave: Vinculação
Mães reclusas
Contexto prisional
Attachment
Recluse Mothers
Prision Context
Data de Defesa: 2012
Resumo: Vários são os autores e as investigações que corroboram a crucial importância da relação de vinculação mãe-bebé, e sua posterior influência/contributo no crescimento e desenvolvimento psicológico, emocional e social da criança. O presente projeto vai permitir, através de um estudo comparativo e diferencial, compreender de que forma a mãe reclusa desempenha o seu papel como principal cuidadora em contexto prisional, com todas as limitações que o caraterizam, e se o próprio contexto em que se encontram envolvidas (mãe e criança) irá influenciar a criação de uma relação de vinculação que vai estabelecer com o seu filho. Será que a permanência de uma criança, durante os três primeiros anos de vida, num ambiente onde imperam regulamentações e limites, ainda que especiais, vai permitir a criação de um vínculo seguro entre mãe e bebé? A amostra deste projeto será constituída por 60 sujeitos do sexo feminino com filhos até aos três anos de idade, 30 mães reclusas e 30 mães não reclusas. Para se perceber a dinâmica entre figura materna e bebé em contexto prisional serão, para tal, aplicados: o Inventário de Perceções Maternas, o Maternal Self-Report Inventory e a Escala de Sentimentos e Atitudes Maternas. Vai, também, ser utilizada uma ficha de dados sociodemográficos. Espera-se que este projeto permita compreender se o contexto prisional irá influenciar, pelo conjunto de características que o representa, a forma como a mãe vai estabelecer/criar um vínculo afetivo seguro com o bebé. A finalidade será a contribuição para o desenvolvimento e implementação de projetos de prevenção primária que impliquem uma atuação precoce junto da díade mãe-bebé, nesta conjuntura específica, como também, ajudar a pensar em situações em que possibilitem criar/proporcionar condições mais favoráveis e adequadas de forma a desenvolver uma relação de vinculação segura.
ABSTRACT: Several authors and investigations that corroborate the crucial importance of the mother-infant attachment, and its subsequent influence / contribution in the growth and psychological and emotional development of the child. This project will allow, through a comparative study and differential understand how the reclusive mother plays its role as the primary caregiver in the prison context, with all the limitations that characterize, and is the very context in which they are involved (mother and child) will influence the creation of a binding relationship that will establish with your child. Does the permanence of a child during the first three years of life, in an environment where regulations and limits prevail, albeit special, will allow the creation of a bond insurance? The sample for this project will consist of 60 female subjects with children up to the age of three, 30 mothers and 30 mothers prison inmates not. To understand the dynamics between mother and baby figure in a prison context will apply: Maternal Percepcions Inventory, Maternal Self-Report Inventory and the Feelings and Maternal Attitudes Scale. It will also be used a sociodemographic data sheet. It is hoped that this project will be of interest primarily to understand whether the prison context will influence the set of features that represents how the mother will establish / create a safe emotional bond with your baby. The purpose is to contribute to the development and implementation of primary prevention projects involving a performance from the early mother-infant dyad, in this specific situation, but also help to think of situations that allow create / provide more favorable conditions and appropriate in order to develop a secure attachment relationship.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3852
Designação: Mestrado em Psicocriminologia
Aparece nas colecções:PLEG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
10510.pdf635,24 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.