Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/382
Título: Garantia da qualidade dos cuidados de enfermagem nos hospitais: Análise da percepção de enfermeiros gestores do Hospital Distrital de Abrantes
Autor: Can, Agostinha de Andrade Vieira Ussene
Data de Defesa: 1998
Editora: Universidade Aberta, Departamenteo de Gestão de Qualidade
Resumo: A garantia da Qualidade é a actual preocupação nacional e internacional que implica não só os profissionais, mas também a comunidade e responsáveis políticos. Inclui a melhoria contínua e a ênfase é colocada na necessidade de se definir, prestar e manter serviços e/ou produtos de elevada Qualidade centrados no querer dos clientes. Nos serviços de saúde, a Qualidade é, hoje, claramente entendida como uma variável estratégica, cujo domínio permite compatibilizar a necessidade de melhoria com efi¬ciência através da gestão de recursos, visando satisfazer as sempre crescentes necessi¬dades e expectativas dos clientes e da comunidade em geral. A presente dissertação trata de um estudo de caso analítico de carácter exploratório, numa abordagem qualitativa e entrevista semi-estruturada, tendo como alvo central compreender o fenómeno em estudo do ponto de vista dos informantes. Teve por ob¬jectivo analisar a percepção dos enfermeiros gestores acerca da relação do processo da garantia da Qualidade dos cuidados de enfermagem nos clientes internados num hospi¬tal com competências profissionais dos enfermeiros; métodos de controlo; estratégias de avaliação e concepção da Qualidade. O enquadramento teórico aborda os conceitos de Qualidade e sua garantia, Gestão da Qualidade Total (GQT) e competências legais dos enfermeiros no processo de garantia da Qualidade dos cuidados de enfermagem nos clientes internados no hospital. Os factores em estudo foram: liderança; estrutura organizacional; cultura organiza¬cional; métodos de controlo e estratégias de avaliação da Qualidade. O estudo realizou-se no Hospital Distrital de Abrantes sendo os sujeitos oito enfer¬meiros gestores dos cuidados de enfermagem, enfermeiro director e enfermeiros chefes. A colheita de informação foi realizada através de entrevista semi-estruturada com quatro questões abertas e vinte e duas questões fechadas em escala tipo Likert (1 a 5). No tratamento das entrevistas, utilizou-se o método de análise de conteúdo, sendo feito o tratamento conjunto dos dados referentes ao enfermeiro director e enfermeiros chefes por três áreas temáticas, tendo-se registado 903 unidades de registo distribuídas pelas seis categorias em estudo. Pela análise dos resultados verifica-se que as competências dos enfermeiros concernen¬tes ao processo de garantia da Qualidade poderão estar relacionadas com a concepção da Qualidade pela gestão de topo do Hospital. Por outro lado, a concepção da Qualidade pela gestão de topo poderá estar relacionada aos métodos de controlo e estratégias de avaliação da Qualidade dos cuidados de enfermagem no Hospital. Tanto o controlo como a avaliação da Qualidade poderão estar relacionadas com as competências profis¬sionais dos enfermeiros. Segundo os inquiridos, verificam-se deficiências passíveis de reflexão e melhorias aos níveis da formação de base e pós-graduação dos enfermeiros na área da garantia da Qualidade. Como pontos fortes da garantia da Qualidade no Hospital em estudo, entre outros, sa¬lientam-se: auscultação de opinião dos clientes externos após a alta; grande envol¬vimento da gestão de topo; estruturas organizacionais flexíveis; sistema de classificação de doentes que coordena as actividades no processo de garantia da Qualidade desde a concepção aos resultados finais; objectivos institucionais consistentes e em cascata até aos níveis operacionais; missão explícita e visível a todos os enfermeiros; gestão participada por objectivos; auditorias internas e externas; processos de melhoria contínua, investigação no dia-a-dia e sistemas de comunicação e informação eficientes em tempo útil. Como pontos fracos verifica-se não haver cultura de Gestão de Qualidade Total entre todos os sectores profissionais do Hospital, fraca publicação da abundante investi¬gação desenvolvida no dia-a-dia tendo em vista a melhoria contínua da Qualidade dos cuidados de enfermagem centrada nos interesses e expectativas dos clientes e ausência de equipa muldidisciplinar de garantia da Qualidade. A garantia da Qualidade é para os sujeitos deste estudo um agente de mudança com a visão de construir uma organização voltada para o cliente. Contudo, e segundo os in¬quiridos, o sector da saúde reveste-se de maior complexidade de gestão, se o compararmos a qualquer outro sector de actividade.
Descrição: Dissertação de mestrado em Gestão de Qualidade
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/382
Aparece nas colecções:PORG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM CAN1.pdf9,13 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.