Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3806
Título: Implementação de intenções e adesão ao uso do preservativo em jovens do ensino superior
Autor: Rodrigues, Maria João Seabra e Melo
Orientador: Carvalho, Cláudia Maria Constante Ferreira de
Palavras-chave: Implementação de intenções
Uso de preservativo
Prevenção das DST e HIV
Implementation intentions
Condom use
STD and HIV prevention
Data de Defesa: 2009
Resumo: Este projecto propõe uma intervenção baseada na implementação de intenções, com o objectivo de incrementar a adesão ao uso do preservativo nos jovens como forma de prevenção da síndrome da imunodeficiência adquirida (SIDA) ocasionada pelo vírus da imunodeficiência humana (VIH) e das doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) em geral. A importância da psicologia da saúde na prevenção das DSTs e VIH é fundamental para compreender o papel que as estratégias de auto-regulação e, nomeadamente, os programas de implementação de intenções poderão exercer no incremento da adesão ao uso do preservativo. Com efeito, a revisão da literatura indicia a eficácia de alguns programas de implementação de intenções na prossecução das metas comportamentais, tal como sugere o estudo recente de Arden e Armitage (2008) sobre as mudanças de fase do modelo transteórico relativamente ao porte usual do preservativo. Propõe-se a utilização de um design quasi-experimental que visa comparar a eficácia da Implementação de Intenções na adesão ao uso de preservativo em dois grupos, experimental e de controlo, durante o período de 2 meses, bem como avaliar de que forma as variáveis descritas na Teoria do Comportamento Planeado (Ajzen, 1991) influenciam o comportamento. Os participantes serão cerca de 150 alunos universitários do sexo masculino, escolhidos por conveniência. Espera-se, com este estudo, confirmar que a Implementação de Intenções é uma estratégia vantajosa no incremento da adesão ao uso do preservativo pelos jovens do sexo masculino.
ABSTRACT: This project aims to design an implementation intentions-based intervention to promote condom usage in young adults, to prevent the spread of sexually transmitted diseases (STD’s), namely human immunodeficiency virus and acquired immunodeficiency syndrome (HIV/AIDS). Health psychology is fundamental for the prevention of STD’s and HIV, and for understanding the role that implementation intentions interventions play in the use of condoms. Recent studies suggest that implementation intentions interventions improve the achievement of goal-directed behaviors, as suggested by Arden & Armitage (2008) in his article about transtheorical model stage transitions in relation to condom-carrying behavior. A quasi-experimental design will be used to compare the effectiveness of implementation intentions in the adherence of condom use in two groups, an experimental condition group and a control group, over a time period of two months. The design will also evaluate how the variables described in the Theory of Planned Behavior (Ajzen, 1991) influence behavior. The sample will consist of 150 university male students invited to participate in the study. We expect that this study will provide further evidence that implementation intentions is an effective strategy to promote adherence in condom use by young male adults.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3806
Designação: Mestrado em Psicologia
Aparece nas colecções:PSAU - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
15444.pdf292,75 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.