Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3805
Título: Alterações cognitivas, traços de personalidade e níveis de ansiedade, depressão stress em pacientes com esclerose múltipla
Autor: Silva, Sara Filipa Ferreira da
Orientador: Leal, Isabel Pereira
Palavras-chave: Esclerose múltipla
Funções cognitivas
Personalidade
Multiple sclerosis
Cognitive function
Personality
Data de Defesa: 2009
Resumo: A Esclerose Múltipla é uma doença de carácter geralmente progressivo, na qual a inflamação e desmielinização da substância branca do Sistema Nervoso Central (SNC) resulta em vários sintomas neurológicos e psicológicos. O nosso estudo tem como objectivo identificar os traços de personalidade específicos, bem como a existência de alterações nas funções cognitivas e os níveis de ansiedade, depressão e stress em sujeitos com Esclerose Múltipla. A amostra foi constituída por 111 sujeitos, distribuídos por dois grupos, com características sócio-demográficas semelhantes: o grupo de controlo constituído por 77 sujeitos saudáveis com idades compreendidas entre os 20 e os 58 de idade (M=34.66, DP=9.091) e o grupo experimental composto por 44 sujeitos com Esclerose Múltipla com idades compreendidas entre 22 e os 59 anos (M=41,23, DP=9,198). A recolha dos dados foi feita através dos seguintes instrumentos: NEO-PI-R, BRB-N e EADS. Os resultados apontam para uma influência significativa entre a duração da doença e algumas funções cognitivas, nomeadamente: memória verbal imediata, da aprendizagem verbal e a atenção visual. Verificando-se ainda que a Ansiedade, a Depressão e o Stress são factores comummente associados à Esclerose Múltipla. No que diz respeito à Personalidade verifica-se valores acima da média para o domínio do Neuroticismo.
ABSTRACT: Multiple Sclerosis is usually a chronic disease, in which the inflammation and demyelinazation of the white matter of the central nervous system (CNS) results in various neurological and psychological symptoms. Our study had the objective of identifying the personality traits, as well as, changes in cognitive functions and levels of anxiety, depression and stress in subjects with Multiple Sclerosis. The sample consisted of 111 subjects distributed in two groups, with similar demographic characteristics: the control group consisted of 77 healthy subjects with ages between 20 and 58 years old (M = 34.66, SD = 9091) and the experimental group with 44 subjects with multiple sclerosis with ages between 22 and 59 years old (M = 41.23, SD = 9.198). The data collection was done through the following instruments: NEO-PI-R, BRB-N and EADS. The results indicate a significant influence between the duration of the disease and some cognitive functions, including: immediate verbal memory, verbal learning and visual attention. The data also suggests that the Anxiety, Depression and Stress are factors commonly associated with multiple sclerosis. With regard to the personality the scores are better than the average for the domain of Neuroticism.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3805
Designação: Mestrado em Psicobiologia
Aparece nas colecções:PLEG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
15433.pdf338,31 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.