Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3801
Título: Um bebé em viagem: estudo das interacções mãe-bebé prematuro em contexto pré e pós alta hospitalar
Autor: Mendes, Cátia Joana de Almeida Mota
Orientador: Botelho, Teresa Margarida Morais Pita
Palavras-chave: Prematuridade
Neonatologia
Desenvolvimento
Interacção
Mãe
Prematurity
Neonatology
Development
Interaction
Mother
Data de Defesa: 2008
Resumo: Pretende-se com o presente estudo verificar se existem mudanças na interacção mãe - bebé prematuro, entre a sua hospitalização na Unidade dos Cuidados Intermédios de Neonatologia, e após a sua alta, ao nível do seu sentimento de confiança, das suas intervenções verbais, do contacto pele-a-pele, e dos seus comportamentos. Os participantes foram quatro díades seleccionadas na Maternidade Alfredo da Costa em Lisboa, com bebés de baixo peso e com idade gestacional entre as 28 e as 35 semanas. Este trabalho assenta numa metodologia qualitativa, utilizando como instrumentos a Entrevista Anamnésica, a Entrevista R e a observação das díades pelo método de Esther Bick, com a sua posterior análise de conteúdo. Do material analisado, verificou-se existirem mudanças nestas díades nos momentos pré-hospitalar, para os momentos pós-alta hospitalar, as quais aumentam os seus comportamentos de fala, intrusividade, e uma diminuição dos seus sentimentos de confiança e contacto pele-a-pele.
ABSTRACT: The present study seeks to verify the existence of interactions changes between mother and preterm babies in the Intermediate Neonatal Unit Care, and after their hospital discharge, at a level of verbal interventions to the babies, mother intrusive behavior, skin to skin contact, and feeling of confidence. The present study is based on a qualitative methodology using as instruments, the Anamnesis Interview, Interview R, Dyads Observation by Esther Bick Method, and their subsequent content analysis. The participants were four dyads mother- preterm babies selected by Maternidade Alfredo da Costa in Lisbon, with gestacional age between 28 and 35 weeks. The results show us an increase at mother verbal interventions and intrusive behavior, as like as a decrease on skin to skin contact and sense of confidence, after the babies discharge.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3801
Designação: Mestrado em Psicologia
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
15367.pdf867,67 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.