Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3789
Título: Aprendizagem informal é a solução? A aprendizagem formal e informal no desempenho e nos estados de humor
Autor: Cachapa, Nelson Manuel Florêncio
Orientador: Almeida, Pedro Henrique Garcia Lopes de
Palavras-chave: Aprendizagem formal
Aprendizagem informal
Estilos de aprendizagem
Estados de humor
Desempenho
Formal learning
Informal learning
Learning styles
Mood states
Performance
Data de Defesa: 2012
Resumo: RESUMO: A presente investigação apresenta evidências empíricas relativamente à relação entre a Aprendizagem Formal e Informal, os Estados de Humor e o Desempenho dos sujeitos. É também analisada relação entre os Estilos de Aprendizagem e o Desempenho nos participantes. Deste modo, foram criadas as seguintes hipóteses: O tipo de aprendizagem aplicado tem influência nos estados de humor dos indivíduos, o tipo de aprendizagem aplicado tem influência no desempenho individual dos participantes e ainda foi testado se os estilos de aprendizagem influenciam o desempenho individual dos participantes. Na realização desta investigação, foi recolhida uma amostra de 30 sujeitos, 10 por cada grupo, onde foi realizado um estudo de cariz experimental. Os resultados demonstram que o tipo de aprendizagem aplicado a cada grupo, não teve influencia, tanto nos estados de humor dos participantes, bem como no desempenho dos mesmos. Não foi também possível comprovar a existência de influência dos estilos de aprendizagem no desempenho dos participantes. Por último, as implicações teóricas e práticas são, igualmente discutidas.
ABSTRACT: This investigation presents empirical evidence on the relationships between the Formal and Informal Learning, Mood States and the Performance of subjects. It is also examined the relationship between Learning Styles and Performance in the participants. Thus, were created the following hypotheses: The type of applied learning has influence on moods of individuals, the type of applied learning influences the performance of individual participants and it was also tested if the learning styles influence the individual performance of participants. In conducting this research, it was collected a sample of 30 subjects, 10 per group, in which it was conducted an experimental study. The results demonstrate that the type of learning applied to each group, had no influence in both mood states of participants as well as the performance thereof. It was also not possible to prove the existence of influence of learning styles on participant’s performance. Finally, the theoretical and practical implications are also discussed.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3789
Designação: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Aparece nas colecções:PSOC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
15269.pdf4,25 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.