Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3769
Título: Processos de identificação na cura analítica: o devir da identidade
Autor: Morais, Sara Pacheco
Orientador: Matos, António Coimbra de
Palavras-chave: Identificação
Identificação projectiva
Processo terapêutico
Nova relação
Identification
Projective identification
Therapeutic process
New relationship
Data de Defesa: 2008
Resumo: O presente estudo tem como objectivo reflectir acerca dos movimentos identificatórios num processo de cura analítica, partindo do problema: Quais são, e de que forma é que os fenómenos de identificação acontecem na análise, e quais as diferenças/ semelhanças quando comparados com o percurso natural de construção da identidade? Como forma de dar resposta ao nosso problema, procedeu-se a uma revisão das definições do conceito de identificação e identificação projectiva, assim como, de algumas teorias de construção da identidade, onde foi dado maior relevo à teoria de identificação de Coimbra de Matos, em que o desenvolvimento identitário desencadeia-se através de três processos distintos: identificação imagóico-imagética, identificação idiomórfica e identificação alotriomórfica. De seguida, foram exploradas as principais linhas do pensamento psicanalítico acerca do processo terapêutico, onde foi enfatizado o modelo relacional, em que a psicanálise é vista como um novo crescimento psicológico produzindo transformações na estrutura interna do paciente, ao nível do seu estilo de relação assim como da sua própria identidade. Por último, transpôs-se a teoria de identificação de Coimbra de Matos para o processo terapêutico, apresentando-se a nossa proposta do processo de reconstrução da identidade, na e pela relação paciente-analista. Ao longo do tratamento psicanalítico, pelos mesmos mecanismos de construção da identidade do desenvolvimento, o sujeito tem a possibilidade de construir um identidade própria e diferenciada, pela actualização e construção de porções identitárias outrora perdidas e/ou distorcidas.
ABSTRACT: The aim of this study is to reflect on identification movements in the process of analytical healing, initiated by the investigation problem: what are, and how the phenomena of identification happen in analysis, and what are de differences and similarities when compared with the natural course of construction of identity? As a way of responding to our problem it was a review of definitions of identity and projective identification, as well as a few theories for the construction of identity, where it was given more emphasis to the theory of identification of Coimbra de Matos, where the development of identity is made from three separate procedures: imagóico-imagética identification, idiomórfica identification and alotriomórfica identification. Then, we explored the main lines of psychoanalytic thought about the therapy process, emphasizing the relational model, where psychoanalysis is seen as a new psychological growth producing changes in the internal structure of the patient, at the style of relationship as well as in his own identity. Finally, the theory of identification of Coimbra de Matos was transferred to the therapy process, constituting our proposal of identity reconstruction, in patient-analyst relationship, during the psychoanalytic treatment, through the mechanisms above mentioned. Over the psychoanalytic treatment, by the same mechanisms of construction of identity, the subject has the possibility of building an individual and differentiated identity, for updating and construction once lost or distorted portions of identity.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao Instituto Superior de Psicologia Aplicada
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3769
Designação: Mestrado em Psicologia Clínica
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
12539.pdf420,8 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.