Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3763
Título: Mudanças na vida dos familiares cuidadores de doentes com cancro
Autor: Duarte, Isabel
Orientador: Furlan, Maja
Palavras-chave: Família
Cuidadores informais
Cancro
Luto
Adaptação
Family
Informal caregivers
Cancer
Grief
Adjustment
Data de Defesa: 2014
Resumo: Cuidar de um familiar que sofre de cancro provoca uma mudança profunda, no modo de organização da família cuidadora, ao nível das necessidades físicas, emocionais e sociais. Embora todos os membros da família sejam influenciados pelas mudanças introduzidas pelo processo da doença, o cuidador principal é especialmente afetado. É ele que vive mais de perto todo o processo e, numa segunda fase, sofre a perda do próprio doente. Pretende-se com este estudo, uma melhor compreensão das vivências e das mudanças mais sentidas na vida dos familiares cuidadores de doentes com cancro. Para o efeito, realizámos um estudo qualitativo, através da análise de um grupo focal de três familiares ex cuidadores de doentes com cancro, assistidos num Hospital no interior do país. Da análise, emergiram temas que tiveram um impacto significativo nas vivências familiares, como sejam os primeiros sintomas do doente, associados ao diagnóstico da doença; mudanças ocorridas no processo inicial, ao nível dos comportamentos, das capacidades físicas e da imagem; mudanças ao nível da reorganização das famílias para o processo de cuidar. O desgaste emocional, associado à adaptação às perdas em vida e após a morte, teve uma ampla manifestação. Ao longo de todo o processo existem momentos de grande dualidade de sentimentos, a vida passa a ser em função do doente, face à necessidade de cuidar e à sua eminente perda. O ex cuidador revelou sofrimento decorrente da sobrecarga vivida, com especial enfoque na quebra das rotinas e na reorganização da sua vida para cuidar.
ABSTRACT: Caring for a family member who suffers from cancer causes a profound change in the way the family is organized. Although all members of the family are influenced by the changing circumstances necessarily introduced by the disease process, the primary caregiver is especially affected. It is he/she who lives more closely the whole process and, subsequently, suffer the loss of the patient himself. The purpose of this study is understand better the experiences and changes in the lives of family caregivers of cancer patients. To this end, we conducted a qualitative study through the analysis of a focus group of three former family caregivers of cancer patients, assisted in a hospital in the countryside. From the analysis, themes emerged such as changes in the disease process, whether at the level of behavior, body image; reorganization of the families towards the care process. The adaptation to the losses in before and after death, as well as coping strategies and the pain of loss, were widely expressed. Throughout the process, there are moments of great duality of feelings, given the need to care for the patient and their imminent loss. Due to burdensome changes a certain level of distress was witnessed in their recollection of the caregiving experiences.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3763
Designação: Mestrado em Psicologia Clínica
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
18761.pdfDocumento principal6,3 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.