Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3749
Registo completo
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorPereira, Henrique Marques-
dc.contributor.authorGraça, Mariana Ornelas-
dc.date.accessioned2015-06-15T18:02:01Z-
dc.date.available2015-06-15T18:02:01Z-
dc.date.issued2008-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10400.12/3749-
dc.descriptionDissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitáriopor
dc.description.abstractEste estudo aborda o tema do Date Rape 1 (violação que surge devido a uma interacção prévia entre o agressor e a vítima) no contexto Universitário Português. Em Portugal a investigação sobre o Date Rape é ainda limitada, sobretudo no contexto Universitário. O objectivo deste estudo é ter acesso à informação acerca da prevalência bem como, às atitudes que os estudantes têm em relação a este fenómeno. Neste estudo participaram 1013 estudantes Universitários (697 mulheres e 316 homens), que responderam através da Internet ao questionário de atitudes CDRAS - College Date Rape Attitudes Survey (Lanier & Green, 2006), bem como ao questionário socio-demográfico e questionário epidemiológico. Os resultados demonstraram que na generalidade os estudantes têm valores baixos, ou seja têm atitudes negativas face ao problema. No entanto, constata-se diferenças significativas entre os homens e mulheres; os homens apresentam valores mais altos, o que corresponde a uma maior tolerância ao Date Rape do que as mulheres. Foi utilizado também um questionário que deu acesso à prevalência face ao fenómeno e concluímos que em 1013 estudantes ocorreram 44 casos de Date Rape, que se traduz numa taxa de 4,3%. A maioria dos casos de vitimização eram mulheres (39) mas também se registou em alguns homens (5). O facto de os homens terem atitudes mais positivas em relação ao Date Rape pode ter implicações a nível da aplicação de programas de prevenção eficazes e distintos para homens e mulheres, mesmo que estes números sejam relativamente baixos (4,3%).por
dc.language.isoporpor
dc.rightsrestrictedAccesspor
dc.subjectDate rapepor
dc.subjectPrevalênciapor
dc.subjectIncidênciapor
dc.subjectAtitudespor
dc.subjectPrevençãopor
dc.titleDate rape : Estudo realizado na população universitária portuguesapor
dc.typemasterThesispor
thesis.degree.disciplinePsicologia Clínicapor
thesis.degree.levelMestre em Psicologiapor
thesis.degree.nameMestrado em Psicologia Clínicapor
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
12423.pdf880,5 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.