Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3718
Título: Paternidade e toque: A relação entre o pai e as massagens no bebé
Autor: Moço , Catarina Marques de Jesus Santos
Orientador: Botelho, Teresa Margarida Morais Pita
Palavras-chave: Paternidade
Bonding
Envolvimento paterno
Massagens para bebés
Fatherhood
Father involvement
Baby’s massage
Data de Defesa: 2008
Resumo: É o pai do Século XXI que surge no presente estudo, com o objectivo de caracterizar a sua postura, com base no Bonding e Envolvimento Paterno, perante um novo Universo em Portugal, o das massagens para bebés. O estudo, de carácter Exploratório e Transversal, recorreu a uma amostra não-probabilística por conveniência, constituída por 76 homens que foram pais pela primeira vez, tendo o filho idade até aos 12 meses, recolhida junto de creches e espaços onde se desenvolvessem Cursos de Massagem para bebés. Utilizou-se a Escala de Bonding, o QCP (versão experimental) e o Questionário de caracterização da amostra. Dos resultados obtidos, em relação aos cursos de massagem, existem diferenças entre os grupos (p 0.05), em relação ao Bonding, para a frequência (t(70)=-3,639; p=0,001) e presença (t(70)=-2,360; p=0,021), o que não se verificou, tanto para o envolvimento paterno em relação à frequência (t(64)=-0,389; p=0,699) e à presença (t(64)=-0,145; p=0,885), como para a percepção de envolvimento pelo pai, para a frequência (t(63)=-0,054; p=0,957) e para a presença (t(63)=-0,417; p=0,678). Em relação à realização de massagens, não se verificaram diferenças, quanto à frequência (X2(1)=1,793; p=0,181; N=76) e à presença (X2(1)=0,613; p=0,434; N=76) nos cursos, mas sim em relação à frequência com que costumam massajar (Mann-Whitney U=153.000; p=0,032; N=48), ao Bonding (t(70)=2,305; p=0,024) e à percepção de Envolvimento pelo pai (t(63)=3,426; p=0,001), não se verificando o mesmo para o Envolvimento Paterno (t(64)=-1,944; p=0,056). Assim sendo, as massagens estão relacionadas com as dimensões da Paternidade estudadas, sendo uma ferramenta essencial para o desempenho do papel do pai, independentemente dos cursos de massagem, que não apresentam a mesma importância. Na sua postura perante as massagens surge o pai do Século XXI, influenciado por aspectos sociais, culturais, históricos, relacionados com a diferença dos géneros e os papéis a eles associados. Dado os benefícios das massagens, estas podem funcionar como uma ferramenta de facilitação e valorização do papel do Pai na Família e na Sociedade.
ABSTRACT: This study is focused on the 21st Century Father and it has the purpose of defining, based on Bonding and Father Involvement, his attitude towards a new Universe in Portugal: babies massage. This study, of exploratory and transversal type is based on a non-probabilistic convenience representative sample of 76 men, who were fathers for the first time of one single baby aged up 12 months, recruited from Kindergartens and Institutions where babies massage classes were taking place. The instruments used to gather the data were: Bonding scale, QCP (experimental version) and Sample Characterization Questionnaire. In what concerns babies’ massage classes, from the results obtained, the study demonstrates that there are statistically significant differences between the groups (p  0.05), concerning to Bonding and the classes’ frequency (t(70)=-3,639; p=0,001) and classes’ attendance (t(70)=-2,360; p=0,021) on the classes. On the contrary, this situation is not verified either in Father Involvement regarding frequency (t(64)=-0,389; p=0,699) and attendance (t(64)=-0,145; p=0,885) or in the perception by the father of his involvement concerning frequency (t(63)=-0,054; p=0,957) and attendance (t(63)=-0,417; p=0,678). As far as the massage process is concerned, no statistically significant differences were found related to frequency (X2(1)=1,793; p=0,181; N=76) and to attendance (X2(1)=0,613; p=0,434; N=76), however differences statistically significant were noticed in the frequency they massage the baby (Mann-Whitney U=153.000; p=0,032; N=48), in Bonding (t(70)=2,305; p=0,024) and in the perception by the father of his involvement (t(63)=3,426; p=0,001). Exception found to the Father Involvement (t(64)=-1,944; p=0,056) in which no differences were shown. Therefore, we conclude that massages are related to the Fatherhood dimensions analysed in the present study and represent an essential tool in the performance of the father’s role, independently of the babies’ massage classes which do not assume the same importance. In his attitude towards massages, the 21st century father is under the influence of social, cultural and historical aspects related to the difference between men and women and the roles associated to them. Taking into account the massages’ benefits, we may conclude that they may work as a tool to improve father’s role in family and in society.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3718
Designação: Mestrado em Psicologia da Gravidez e da Parentalidade
Aparece nas colecções:PSAU - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
11934.pdf1,56 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.