Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3713
Título: Fado como expressão musical e não ―fatum
Autor: Sousa , Ângelo Miguel Ramos de
Orientador: Amaral, Virgílio Ribeiro
Palavras-chave: Identidade
Fado
Psicologia da música
Identity
Fado
Music psychology
Data de Defesa: 2008
Resumo: No presente trabalho, aborda-se uma expressão musical tipicamente portuguesa, e procura-se articular as subculturas de duas gerações de fadistas amadores - um grupo de fadistas amadores que designamos por ―grupo dos adultos‖ e um grupo de fadistas amadores que designamos por ―grupo dos jovens adultos‖ – com as identidades destes sujeitos sociais. A questão da identidade é abordada do ponto de vista filosófico (com base na noção de Ipseidade ou Identidade Pessoal) e em termos do entendimento daquela noção no âmbito da Psicologia Social. São abordadas as noções de cultura, cultura musical e da expressão musical fado. Formularam-se uma serie de questões de investigação, a saber a atitude dos sujeitos em relação ao fado, perspectivas sobre a identidade e o fado, concepções de praticas inerentes a subcultura do fado, ícones musicais, sentimentos, concepções da influência social do fado, atitudes e estereótipos associados ao fado e, finalmente, a importância da musica na vida dos participantes. Em termos metodológicos foi adoptado o método de histórias de vida, seguindo o protocolo proposto por Flick (2004), tendo-se procedido à análise de conteúdo do corpus. Os resultados mostram, de entre outras, algumas diferenças entre os dois grupos sobretudo: ao nível da identidade, sendo a dimensão social mais pronunciada no grupo dos fadistas mais velhos, diferenças ao nível dos ícones, diferentes experiências vividas do fado, recusa de estereótipo por parte do grupo dos fadistas mais antigos e construção de uma representação protótipica nos mais jovens, a existência de uma representação de uma matriz comum do fado em ambos os grupos, mas divergências no que respeita à projecção do fado no futuro. Os resultados são discutidos não só em termos dos conteúdos ligados às diferentes consignes das entrevistas mas também em termos da concepção de identidade (na sua narratividade, actualidade, na sua dimensão prospectiva) que operacionalizámos através do protocolo de entrevista.
ABSTRACT: In this study, a typically Portuguese musical expression is boarded, when for to articulate the subcultures of two generations of amateur ―fado‖ singers - we designate a group for ―group of the adults‖ and the other ―group of the adult young person‘s‖ – with the identities of these social subjects. The question of the identity is boarded from the philosophical point of view (Selfhood, Personal Identity) and the understanding of that notion in the context of the Social Psychology. Attitudes formulated relative questions of investigation regarding ―fado‖, perspectives on the identity and ―fado‖, practices inherent in the subculture o ―fado‖, feelings, conceptions of the social influence o ―fado‖, attitudes and stereotypes associated to ―fado‖ and, the importance of the music in their life‘s. The methodology adopted was the method of histories of life. The results show, differences between the two groups: at the level of the identity, (social dimension predominant in the ―group of the adults‖), different experiences lived through ―fado‖, refusal of stereotype (―group of the adults‖) and construction of a prototypical representation in the most young, as well as the existence of the representation of a common matrix of ―fado‖ in both groups, but divergences in the projection of ―fado‖ in the future. The results are discussed through the contents of the different scripts of the interviews and through the conception of identity (narrativity, present, prospective dimension) operationalized through the protocol of interview.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3713
Designação: Mestrado em Psicologia Aplicada
Aparece nas colecções:PSOC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
11772.pdf837,93 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.