Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3710
Título: Obesidade: Stress e comportamento alimentar antes e após cirurgia bariátrica
Autor: Ferreira, Susana Marques
Orientador: Patrão, Ivone Alexandra Martins
Palavras-chave: Obesidade
Cirurgia bariátrica
Stress
Comportamento alimentar
Obesity
Bariatric surgery
Stress
Eating behavior
Data de Defesa: 2010
Resumo: A obesidade é uma doença crónica com origem multi-factorial com consequências devastadoras para a saúde e qualidade de vida dos indivíduos. É também um importante factor de risco para a co-ocorrência de outras doenças. A prevalência da obesidade está a aumentar em todo o mundo e Portugal não constitui um país de excepção relativamente a este problema de saúde pública. Apesar da obesidade ter sido identificada como um problema de saúde pública há uma década, as medidas para a reduzir têm sido, até à data, pouco eficazes. Assim, torna-se necessário investigar e compreender as variáveis psicológicas subjacentes, causas e consequências desta doença, de modo a encontrar estratégias de intervenção mais eficazes. Na tentativa de aprofundar alguns dos aspectos implicados nesta multi-factoralidade, este estudo pretende debruçar-se sobre a relação entre o stress e o comportamento alimentar em obesos, antes e após o tratamento com cirurgia. O grupo em estudo é composto por 30 sujeitos de ambos os sexos com diagnóstico médico obesidade candidatos a cirurgia bariátrica e sujeitos de ambos os sexos com diagnóstico médico obesidade submetidos a cirurgia bariátrica há menos de 1 ano. Os instrumentos utilizados nesta investigação foram as Escalas de Ansiedade, Depressão e Stress de 21 itens (EADS – 21) (Dimensão Stress) (Pais-Ribeiro, Honrado & Leal, 2004) e o Eating Disorders Inventory (EDI) (Garner, Olmsted & Polivy, 1983). Utilizou-se também um questionário sócio-demográfico. Os resultados demonstraram que existem diferenças significativas nas médias da dimensão Stress entre os sujeitos que foram submetidos a cirurgia bariátrica e os que não foram sujeitos a este tratamento (p=0,009); existem diferenças significativas nas médias das sub-escalas Bulimia (p=0,000) e Insatisfação Corporal (p=0,023) entre os sujeitos que foram submetidos a cirurgia bariátrica e os que não foram sujeitos a este tratamento. Verificou-se também uma correlação significativa entre a dimensão Stress e a sub-escala Impulso para Emagrecer (p=0,009) e uma correlação significativa entre a dimensão Stress e a sub-escala Medos de Maturidade (p=0,010).
ABSTRACT: Obesity is a chronic disease with multi-factorial origin with devastating consequences for the health and life quality of individuals. It is also an important risk factor for the co-occurrence of other diseases. The prevalence of obesity is increasing around the world and Portugal is not an exception in this public health problem. Although obesity has been identified as a public health problem ten years ago, measures to reduce it has been, to date, not very efficient. Thus, it becomes necessary to investigate and understand the underlying psychological variables, causes and consequences of this disease in order to find more effective intervention strategies. In an attempt to study some aspects involved in these multiple factors, this study intends to look into the relation between stress and eating behavior in obese patients before and after treatment with surgery. The study group comprises 30 individuals of both sexes diagnosed obese candidates for bariatric surgery and individuals of both sexes diagnosed with obesity who underwent bariatric surgery for less than one year. The instruments used in this study were the scales of Anxiety, Depression and Stress of 21 items (EADS -21) (Dimension Stress) (Pais-Ribeiro, Honrado & Leal, 2004) and the Eating Disorders Inventory (EDI) (Garner, Olmsted & Polivy, 1983). We also used a socio-demographic questionnaire. The results showed that there are significant differences in mean of Stress Dimension among individuals who underwent bariatric surgery and those who were not subjected to this treatment (p=0.009), there are significant differences in mean Bulimia subscales (p=0.000) and Body Dissatisfaction (p=0.023) among individuals who underwent bariatric surgery and those who were not subjected to this treatment. It was also ascertained a significant correlation between the Stress dimension and the subscale Drive for Thinness (p=0.009) and a significant correlation between the Stress dimension the subscale of Maturity Fears (p=0.010).
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3710
Designação: Mestrado em Psicologia Aplicada
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
11704.pdf896,78 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.