Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3688
Título: Representações da gravidez em pais expectantes
Autor: Pereira, Nuno Manuel Sobral dos Santos
Orientador: Leal, Isabel Pereira
Palavras-chave: Representação
Gravidez
Pais
Paternidade
Representation
Pregnancy
Fathers
Paternity
Data de Defesa: 2014
Resumo: A investigação sobre a gravidez tem centrado a sua atenção predominantemente nas mães, pelo que a literatura revela-nos pouca informação relativamente aos pais no que a esta temática diz respeito. Embora nas sociedades ocidentais o papel dos pais tenha vindo a mudar, verifica-se que ainda prevalece a ideia de que na sua generalidade as mães são preferencialmente as cuidadoras, e que a gravidez assenta muito na ligação que se desenvolve entre a mãe e o feto, negligenciando de certa forma o papel do pai nesse evento. Neste sentido, o objectivo deste estudo é investigar as representações da gravidez em pais expectantes, procurando saber a forma como os pais olham e se posicionam face a este acontecimento na actual sociedade portuguesa. Trata-se de um estudo exploratório, onde a metodologia utilizada é qualitativa, tendo a recolha de dados sido foi feita através de entrevista individual, utilizando para o efeito uma adaptação para pais da Interview of Maternal Representations during Pregnancy – Revised Version (IRMAG-R; Ammaniti & Tambelli, 2010), com recurso a uma amostra de conveniência composta por 8 pais, cujas esposas ou companheiras se encontravam grávidas. Os resultados obtidos indicam que os pais expectantes demonstram uma elevada abertura à mudança, conscientes das alterações que a gravidez traz para as suas vidas de uma forma geral, com principal destaque para as mudanças que ocorrem no casal, demonstrando também que o pai ainda se envolve pouco afectivamente com a gravidez e na relação com o feto.
ABSTRACT------The research about pregnancy has been focus on mothers which results in a poor information about fathers involvement. Although on occidental societies the fathers’ role has been changing over the years, the mothers are still perceived as the preferred carers and that the pregnancy moment is established on developed links between mother and fetus neglecting the father’s participation. So, the main objective of the present study is investigate the representations of pregnancy on expecting fathers, looking at how fathers look at and put themselves about pregnancy on the Portuguese society. This is an exploratory study using qualitative methodology where data was collected by individual interviews, with an adaptation for fathers of the Interview of Maternal Representations during Pregnancy – Revised Version (IRMAG-R; Ammaniti & Tambelli, 2010), applied on a convenient sample of 8 fathers whose partners were pregnant. The results showed that expectant fathers revealed a high openness to change, aware of the pregnancy changes that come to their lives in a general way, with main emphasis on the changes that occur in the couple, and also suggest that there is still poor affective fathers involvement in the pregnancy and in the relationship with the fetus.
Descrição: Dissertação de mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3688
Designação: Mestrado em Psicologia Clínica
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
19252.pdfDocumento principal992,07 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.