Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3652
Título: Nos bastidores da perversão: uma identidade para dois? Análise de narrativa em associação livre e Rorschach conjunto
Autor: Antunes, Maria Elisabete Gomes Rodrigues Duarte
Palavras-chave: Perversão
Casal
Identidade
Rorschach
Associação livre
Perversion
Couple
Identity
Rorschach
Free association
Data de Defesa: 2014
Resumo: O presente estudo foi constituído com base na temática da Perversão, mais precisamente na dinâmica relacional de um casal considerado perverso, com o intuito de compreender de que modo a relação é estabelecida e que problemáticas podem surgir patentes a estas práticas. Para tal, sendo que de um casal, onde existe uma intersubjetividade à priori presente, se trata, optou-se por seguir um método de estudo que facilita a emergência de temáticas patentes significativas, possibilitando um conhecimento mais flexível e criativo. Para tal recorreu-se a instrumentos de investigação qualitativa que aparentam ser os adequados, utilizando a Entrevista Narrativa em Associação Livre e a Narrativa Rorschach, ambas aplicadas conjuntamente, num único momento. Todo o material recolhido foi, à posteriori analisado em grupo, salientando-se os principais temas, que necessitam de ser expostos e tidos em conta na analise do casal e tema em questão. Evidencia-se maioritariamente a ausência de uma diferenciação entre os elementos do casal, conferindo-lhes uma confusão na representação de si e do Outro, remetendo para uma amálgama identitária. Os movimentos elaborados pelos sujeitos remetem para uma constante procura do seu “lugar”, da sua identidade, que aparenta só existir em relação e união com o Outro. O recurso à perversão por parte do casal é realizado com o intuito de camuflar angústias, frustrações e problemáticas inerentes, podendo ser considerado uma teatralidade com o objetivo de “sustentar” a união, e por conseguinte, a identidade, mesmo que deficitária, dos sujeitos,
ABBSTRACT------This study was made based on the theme of perversion, specifically the relational dynamics of a couple considered perverse in order to understand how the relationship is established and that patent problems can arise with these practices. To this, being a couple where there is a priori intersubjectivity, we chose to follow a study method that facilitates the emergence of thematic significant patents, enabling a more flexible and creative knowledge. To do so resorted to qualitative research tools that appear to be appropriate, using the narrative interview in Free Association and the narrative Rorschach, both applied together in a single moment. All the material collected was analyzed in the subsequent group, highlighting the main issues that need to be exposed and taken into account in the analysis of the couple and theme. It shows mainly the lack of differentiation between the couple elements, giving them a confusion in the representation of self and the Other, referring to an identity amalgam. The movements produced by the subjects refer to a constant search of their "place" of their identity, that appears to only exist relationship and unity between each other. The use of perversion by the couple is carried out in order to camouflage anxieties, frustrations and problems inherent and can be considered a theatricality in order to "support" the union, and therefore the identity, even if deficient, the subjects.
Descrição: Dissertação de mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3652
Designação: Mestrado em Psicologia Clínica
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
18850.pdfDocumento principal832,87 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.