Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3644
Título: A estabilidade do retraimento social em adolescentes
Autor: Dias, Ana Raquel Cardoso
Orientador: Veríssimo, Manuela
Palavras-chave: Retraimento social
estabilidade
adolescência
Social withdrawal
stability
adolescence
Data de Defesa: 2014
Resumo: Na sequência da importância das relações sociais e das interações entre os pares, o conceito de retraimento social tem sido um dos mais importantes nestes últimos anos, tornando-se uma temática com muito interesse na área da investigação, no entanto, poucos estudos têm sido realizados com os adolescentes relativamente à sua reputação social. O presente estudo teve como objetivo verificar o fenómeno de retraimento social, nomeadamente sobre a estabilidade na reputação social num grupo de adolescentes em dois anos letivos e consequentemente verificar se existiam e como se manifestavam as diferenças de género. Também nos interessou identificar, nos dois momentos, quais os adolescentes isolados retraídos e os adolescentes isolados agressivos. Participaram neste estudo 452 jovens adolescentes, pertencentes aos 7º e 8º anos de escolaridade. De forma a concretizar o objetivo, o instrumento de recolha de dados utilizado foi o ECP (Extended Class Play). Os resultados evidenciaram uma estabilidade moderada e forte em ambos os momentos em todas as dimensões. Relativamente às possíveis diferenças de género, os rapazes eram mais estáveis nas dimensões vitimização, comportamento pró-social e socialização, enquanto o sexo feminino era mais estável nas dimensões retraimento social e exclusão. Contudo, na dimensão agressividade verificou-se uma estabilidade semelhante em ambos os sexos. Por último, verificou-se que o grupo de adolescentes isolados retraídos era mais estável comparativamente ao grupo de adolescentes isolados agressivos.
ABSTRACT------Regarding the importance of social relations and interaction between pars, the concept of withdrawal has been one of the most important in these last years becoming one thematic with much interest in the research area, however few studies have been performed with teens towards social reputation. The present study had the objective of checking the phenomenon of withdrawal namely about the stability of the social reputation in a teenager group in two school years to verify if there were any differences in gender and how they were manifested. It was also of our interest to identify in the two moments who were the isolated retracted teens and who were isolated aggressive ones. A total of 452 adolescents attending the 7th and 8th grade were part of this study. To achieve the goal we set ourselves, we applied the ECP questionnaire (Extended Class Play). The results showed a moderate and strong stability in both moments in all dimensions. Regarding the possible gender differences, boys were more stable in victimization dimensions, pró-social comportment and socialization, while females were more stable in the withdrawal social dimensions and exclusion. However in the aggressive dimension a similar stability in both genders was verified. Lastly, it was also verified that the isolated retracted teenagers group was more stable when compared to the aggressive one.
Descrição: Dissertação de mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3644
Designação: Mestrado em Psicologia Clínica
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
18778.pdfDocumento principal462,92 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.