Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3602
Título: (N)a subjectividade migrante : Uma identidade (não) fixa entre (dois) lugares
Autor: Clemente, Filipa de Almeida Azevedo Ferreira
Orientador: Marques, Maria Emília
Palavras-chave: Etnopsicanálise
Sujeito migrante
Narrativa de associação livre
Filiação
Identidade
Ethnopsychoanalysis
Migrant subject
Free association narrative
Filiation
Identity
Data de Defesa: 2014
Resumo: É lançando um (duplo) olhar sobre o percurso que deu origem à Etnopsicanálise que se procura salientar a importância da vivência migratória enquanto fenómeno desencadeador de uma busca de conciliação entre dois lugares. Segundo os pressupostos teóricos da clínica etnopsicanalítica, a passagem de um país (de origem) para outro (de acolhimento) e a experiência de ruptura implicada nesta mudança, colocam o sujeito numa posição de vulnerabilidade que vai afectar a forma como este organiza psiquicamente a experiência. Recorre-se ao Método das Narrativas de Associação Livre (Hollway & Jefferson, 2000) para aceder a uma compreensão do sujeito psicológico no âmbito da sua vivência migratória. Através da realização de uma entrevista a uma mulher de origem guineense que migrou aos dez anos para Portugal (Cassandra), procede-se a uma análise detalhada da narrativa produzida, orientada pelos postulados teóricos da metodologia proposta. Dos grandes temas que se fazem destacar, a identidade e a filiação surgem como problemáticas centrais intimamente ligadas. A forma como esta ruptura é vivida por Cassandra, revela a impossibilidade de resgatar uma herança absolutamente necessária para o processo de negociação identitária que deve realizar, fazendo-se sentir no seu discurso como uma ameaça de aniquilamento brutal. Perante uma visão do eu, do(s) outro(s) e do mundo marcada por uma nítida clivagem, e um discurso pautado pela auto-contradição, a evasão e a dúvida, verifica-se em Cassandra uma clara incapacidade para constituir um verdadeiro sentido de identidade e individualidade, configurado enquanto ausência de uma estrutura identitária fixa no espaço e no tempo (Devereux, 2009).
ABSTRACT: A double look is launched upon the path that gave rise to the development of the ethnopsychoanalysis and seeks to underline the importance of the migratory experience as a triggering phenomenon for the pursuit of reconciliation between two places. According to the theoretical assumptions of the ethnopsychoanalytic approach, the transition from the country of origin to the country of destination and the experience of disruption that this change implies, put the subject in an extremely vulnerable position that will have a direct impact in the way he/she psychically acknowledges the experience. Through the Free Association Narrative method (Hollway & Jefferson, 2000) we were able to access an understanding of the psychological subject within the context of its migratory experience. By conducting an interview with a woman of Guinean origin that migrated to Portugal at the age of 10, we were able to carry out a detailed analysis of the narrative, guided by the theoretical postulates of the proposed methodology. Among the highlighted themes, identity and filiation arise as core, deeply linked concepts. The way this disruption was experienced by Cassandra is revelatory of the impossibility of rescuing a heritage that is absolutely necessary for the identity negotiation process that should be performed, and is further perceived (in her speech) as a threat of brutal annihilation. Preliminary to a vision of the self, of the other (s) and of the world, marked by a sharp cleavage, and a speech marked by self-contradiction, evasion and doubt, it is perceived in Cassandra that there is a clear inability to build a true identity and individuality meaning, set as absence of a fixed identity structure in space and time (Devereux, 2009).
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3602
Designação: Mestrado em Psicologia Clínica
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
13795.pdf826,49 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.