Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3580
Título: Relação entre autonomia, desempenho académico, género e estilo de ensino do professor
Autor: Mengo, Joana Moura Ramos
Orientador: Monteiro, Vera
Palavras-chave: Autonomia
Desempenho académico
Género e estilo de ensino do professor
Autonomy
Academic performance
Gender and teaching style
Data de Defesa: 2009
Resumo: Este estudo prende-se com a análise da relação entre Autonomia e as variáveis Desempenho Académico, Género e Estilo de Ensino do Professor. Contámos com a participação de 179 alunos (88 rapazes e 91 raparigas) do 4º ano de escolaridade. Recorremos a dois instrumentos distintos: um deles para avaliar a autonomia – Questionário de Auto-Regulação A; outro que remete para o estilo de ensino do professor – Questionário “A minha sala de aula”. Paralelamente, obteve-se dos professores a indicação dos alunos com melhor / pior aproveitamento escolar nas diferentes turmas. De forma coincidente com investigações anteriores, verificaram-se diferenças significativas ao nível da autonomia entre os educandos: aqueles cujos resultados escolares eram muito positivos apresentaram maior autonomia do que os seus colegas com fraco desempenho académico. Relativamente ao Género, as raparigas revelaram-se mais autónomas do que os rapazes. Já os resultados e análises referentes ao Estilo de Ensino do Professor provaram ser inconclusivos.
ABSTRACT: This study focuses on the relationship between Autonomy and three other variables – Academic Performance, Gender and Teaching Style. Its participants were 179 children from primary schools (88 male and 91 female). We used “Academic Self Regulation Questionnaire” to assess children’s autonomy and “My Classroom Questionnaire” to know about students’ perception of their teachers’ teaching style. In addition, we asked each teacher to mention the students with the best and the worst results in class. Accordingly to previous researches, we noticed that the most successful students scored significantly higher on autonomy than did their mates whose academic results were low. Besides, we concluded that girls were more autonomous than boys. Concerning the teacher’s teaching style, no significant results were achieved.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3580
Designação: Mestrado em Psicologia Educacional
Aparece nas colecções:PEDU - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
10971.pdf767,87 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.