Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3571
Título: Experiências de perda e luto em cuidadores informais de doentes terminais com cancro : Um grupo focal
Autor: Sousa, Ana Canha Sevinate de
Orientador: Leal, Isabel Pereira
Furlan, Maja
Palavras-chave: Cancro
Cuidador informal
Perda
Cancer
Informal caregiver
Loss
Data de Defesa: 2014
Resumo: As experiências de perda e luto dos cuidadores informais de doentes terminais com cancro ocorrem antes e depois da morte dos seus familiares. O presente estudo procurou identificar e analisar estas experiências. O material qualitativo, recolhido a partir de um grupo focal com 4 cuidadores em regime domiciliário cujos familiares faleceram entre 7 a 8 meses antes, foi sujeito a uma análise temática. O grupo incluiu 3 mulheres e 1 homem com idades entre 35 e 65 anos. Após o grupo focal os facilitadores aplicaram um questionário sociodemográfico, o BSI e o TRIG. A partir da análise temática do discurso transcrito foram identificados 23 temas básicos, 18 temas organizadores e 6 temas globais, tendo sida construída uma rede temática a partir dos temas organizadores e dos temas globais. Os temas organizadores que surgiram um maior número de vezes foram os temas sintomas, percepção de mudança/perda, diagnóstico, emoções, coping, funções do cuidador, dor da perda/perda e equipa. O tema global no qual foram incluídos mais temas organizadores foi o tema doença. Os resultados corroboraram o conceito teórico de trajectória. Os dados que emergiram da análise criaram a necessidade de particularizar o problema de investigação: a natureza das experiências de perda e de luto no contexto da relação e da vinculação. A natureza atípica do grupo focal permitiu a elaboração de uma análise narrativa. Os investigadores analisaram e compararam as narrativas de 2 participantes. A análise narrativa apontou para a ligação entre as experiências de perda ao longo da trajectória e a natureza da vinculação.
ABSTRACT: The experiences of loss in informal caregivers of terminally ill patients with cancer occur before and after the death of their family members. This study identified and analysed these experiences. The qualitative data from one focus group with 4 home-based caregivers whose family patients had died 7 to 8 months before was subjected to a thematic analysis. The group included 3 women and 1 man between the ages of 35 and 65 years. After the focus group the facilitators applied a sociodemographic questionnaire, the BSI and the TRIG. From the thematic analysis of the transcription 23 basic themes, 18 organizing themes and 6 global themes were identified and a thematic network was designed using the organizing themes and the global themes. The organizing themes which occured more often were the themes symptoms, perception of change/loss, diagnosis, emotions, coping, caregiver’s functions, grief/loss and team. The global theme illness was the one that included more organizing themes. The results corroborated the theoretical concept of trajectory. The data that emerged from the analysis created the need to define a particular problem of research: the nature of the experiences of loss in the context of the relationship and the attachment. The non-typical nature of the focus group allowed the elaboration of a narrative analysis. The researchers analysed and compared the narratives of 2 participants. The narrative analysis pointed out the connection between the experiences of loss along the trajectory and the nature of the attachment.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3571
Designação: Mestrado em Psicologia Clínica
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
9889.pdf1,24 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.