Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3544
Título: A intervenção e a avaliação psicológica desenvolvida na Unidade de Desabituação do Algarve
Autor: Metelo, Telma Isabel Mascarenhas
Orientador: Marques, Maria Emília
Palavras-chave: Unidade de Desabituação do Algarve
Intervenção Psicológica
Avaliação Psicológica
Data de Defesa: 2009
Resumo: A desabituação física de uma ou várias substâncias é um processo mediante o qual os indivíduos privados das substâncias de que dependem, são acompanhados de forma a minimizar as consequências físicas e psicológicas da síndrome de abstinência. O processo de desabituação ocorre frequentemente em regime de internamento e requer acompanhamento médico e psicológico A desabituação é considerada uma etapa inicial do tratamento que tem como objectivo tratar os efeitos fisiológicos agudos associados ao síndrome de abstinência dos consumos das mais variadas substâncias como, por exemplo, heroína, cocaína, álcool, benzodiazepinas, etc. Para além disso, o tempo de internamento em Unidade de Desabituação é relativamente curto, entre sete a vinte um dias, motivo pelo qual habitualmente não existe uma intervenção psicológica nestas unidades que prepare para as etapas posteriores do tratamento. No entanto, no nosso trabalho defendemos que a etapa de desabituação em internamento pode incorporar processos formais de avaliação e intervenção psicológica com intuito final de motivar e encaminhar o doente para o tratamento em ambulatório. Assim, pretende-se consciencializar o doente para a necessidade de manter um esforço contínuo dirigido ao processo de mudança e também, em função dos resultados da avaliação psicológica realizada descrever quais as áreas a trabalhar para prevenir a recaída. Este trabalho tem como objectivo dar a conhecer o papel do Psicólogo Clínico na Unidade de Desabituação do Algarve (UDA). Para tal, é apresentada a actividade profissional da autora, num projecto que se iniciou em Dezembro de 2007, data de abertura da nova UDA, pertencente ao Instituto da Droga e da Toxicodependência (IDT) do Ministério da Saúde. É de referir que a integração de psicólogos clínicos na UDA é uma novidade relativamente à constituição das equipas multidisciplinares destes serviços. A autora dedicar-se-á exclusivamente à descrição da sua área de intervenção, ou seja, os procedimentos e modelo de Avaliação Psicológica na referida Unidade de Desabituação.
Descrição: Tese de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitádio.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3544
Designação: Mestrado em Psicologia Clínica
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
7938.pdf429,47 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.