Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3538
Título: Atribuição causal, auto-estima e resultados escolares
Autor: Senos, Jorge
Palavras-chave: Atribuição causal
auto-conceito
auto-estima
selfserving bias
Causal attribution
self-concept
self-esteem
self-serving bias
Data: 1996
Editora: ISPA - Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Citação: Análise Psicológica, 14(1), 111-121
Resumo: Partindo do quadro de referência proposto por Weiner sobre atribuição causal para o sucesso e insucesso, o autor procura estabelecer o efeito de seZfserving bias que permite a protecção da auto-estima perante situações de insucesso. Utilizando uma versão adaptada da Causal Dimension Scale bem como do Self-Perception Profile for Children com uma amostra de 49 alunos do 5.” ano de escolaridade, foi possível estabelecer que os alunos com piores resultados escolares produzem preferencialmente atribuições externas para o insucesso, protegendo deste modo a autoestima que se mantém em valores idênticos aos dos bons alunos. No entanto, estes alunos mostram um auto- conceito académico mais baixo do que os alunos com elevados resultados escolares. Os resultados são discutidos no quadro das relações estabelecidas entre atribuição causal, auto-estima e resultados escolares, fornecendo indicações relativamente ao caracter cumulativo do insucesso e ao abandono precoce da escolaridade obrigatória.
ABSTRACT------Partindo do quadro de referência proposto por Weiner sobre atribuição causal para o sucesso e insucesso, o autor procura estabelecer o efeito de seZfserving bias que permite a protecção da auto-estima perante situações de insucesso. Utilizando uma versão adaptada da Causal Dimension Scale bem como do Self-Perception Profile for Children com uma amostra de 49 alunos do 5.” ano de escolaridade, foi possível estabelecer que os alunos com piores resultados escolares produzem preferencialmente atribuições externas para o insucesso, protegendo deste modo a autoestima que se mantém em valores idênticos aos dos bons alunos. No entanto, estes alunos mostram um auto- conceito académico mais baixo do que os alunos com elevados resultados escolares. Os resultados são discutidos no quadro das relações estabelecidas entre atribuição causal, auto-estima e resultados escolares, fornecendo indicações relativamente ao caracter cumulativo do insucesso e ao abandono precoce da escolaridade obrigatória.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3538
ISSN: 0870-8231
Aparece nas colecções:PCLI - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
AP_1996_1_111.pdf925,91 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.