Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3429
Título: Adaptação do Questionário de Autonomia nos Adolescentes (QAA) para a língua portuguesa
Autor: João, Graça
Calheiros, Maria Manuela
Martins, Ana
Palavras-chave: Adaptação
Adolescentes
Autonomia
Avaliação
Adaptation
Adolescents
Autonomy
Evaluation
Data: 2010
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Citação: Laboratório de Psicologia, 8, 237-250
Resumo: O presente estudo tem como objectivo principal apresentar a versão portuguesa do Questionário de Autonomia nos Adolescentes, traduzido e adaptado a partir do Adolescent Autonomy Questionnaire (Noom, 1999). De forma a observar as qualidades psicométricas da versão portuguesa procedeu-se à análise da estrutura factorial, análise da fidelidade, análise da sensibilidade e correlações inter- -factores. Os resultados obtidos com uma amostra de 171 adolescentes indicaram, através de análise factorial confirmatória, que o modelo original constituído por três dimensões não se revelou adequado à estrutura correlacional observada. Neste sentido, recorreu-se a uma análise exploratória que reproduziu uma estrutura composta por quatro factores – Auto-determinação; Independência; Autonomia cognitiva e Autonomia emocional. Em termos gerais, observaram-se indícios favoráveis à adequabilidade da presente versão do instrumento para a população adolescente portuguesa em contexto escolar. As diferenças observadas entre os participantes em função da idade (14-16 anos vs. 17-19 anos) são consistentes com os resultados obtidos nos estudos do instrumento original, fornecendo evidências adicionais favoráveis à validade da versão portuguesa.
ABSTRACT: The present study aims to adapt and translate the Adolescent Autonomy Questionnaire (Noom, 1999) for the Portuguese context. In order to observe the psychometric qualities of the Portuguese version, the factorial structure, reliability, sensibility and inter-factor correlations were analyzed. Confirmatory factor analysis with a sample of 171 adolescents revealed that the original tridimensional model was not adequate to the observed correlacional structure. Subsequent exploratory factor analysis yielded a structure with four factors – Self-determination, Independence, Cognitive autonomy and Emotional Autonomy. Concerning the psychometric qualities, analysis provided evidences favorable to the suitability of the present version of the questionnaire for the Portuguese adolescent population in educational context. The differences observed between the participants regarding their age (14-16 years vs. 17-19 years) are consistent with the results found in the studies of the original questionnaire, providing additional evidences favorable to the validity of the Portuguese version.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3429
ISSN: 1646-6004
Aparece nas colecções:MTI - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
LP_8_237-250.pdf124,95 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.