Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3424
Título: Uma perspectiva cognitivo-comportamental sobre o investimento esquemático na aparência: Estudos psicométricos do Inventário de Esquemas sobre a Aparência – Revisto (ASI-R)
Autor: Nazaré, Bárbara
Moreira, Helena
Canavarro, Maria Cristina
Palavras-chave: Diferenças de género
Estudos psicométricos
Imagem corporal
Investimento
Multidimensionalidade
Saliência auto-avaliativa
Saliência motivacional
Body image
Gender differences
Investment
Motivational salience
Multidimensionality
Psychometric studies
Self-evaluative salience
Data: 2010
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Citação: Laboratório de Psicologia, 8, 23-36
Resumo: A definição de imagem corporal proposta por Cash (2002b) salienta a multidimensionalidade do conceito, englobando elementos perceptivos e atitudinais. A dimensão atitudinal inclui a avaliação e satisfação com o corpo, assim como as crenças que os indivíduos têm relativamente à aparência. Esta componente cognitiva relaciona-se com o investimento que as pessoas fazem na aparência, ou seja, com a importância cognitiva, comportamental e emocional que atribuem à imagem corporal. No presente trabalho, foram efectuados os estudos psicométricos do Inventário de Esquemas sobre a Aparência – Revisto – The Appearance Schemas Inventory – Revised [ASI-R] (Cash, Melnyk, & Hrabosky, 2004), que pretende avaliar as duas facetas do investimento esquemático na aparência: saliência auto-avaliativa e saliência motivacional. Uma amostra de 226 adultos respondeu à versão portuguesa da escala, tendo sido realizada uma análise factorial confirmatória cujos índices de ajustamento apoiam a estrutura original do questionário. Os restantes índices de fidelidade e validade também se revelaram adequados, indicando que a versão portuguesa permite avaliar eficazmente as crenças pessoais sobre a aparência. Verificaram-se diferenças de género significativas em ambas as facetas, bem como na pontuação global do questionário, tendo o sexo feminino apresentado valores superiores em todas as dimensões.
ABSTRACT: Cash’s (2002b) definition of body image underlines its multidimensionality, as it contains perceptual and attitudinal elements. The attitudinal dimension includes body evaluation and satisfaction, as well as beliefs about appearance. This cognitive component relates to one’s investment in appearance, that is, the cognitive, behavioral and emotional importance of body image in one’s life. In the present investigation, we conducted the psychometric studies of The Appearance Schemas Inventory - Revised [ASI-R] (Cash, Melnyk, & Hrabosky, 2004), a questionnaire that aims to assess the two facets of schematic investment in appearance: self-evaluative and motivational salience of appearance. A sample consisting of 226 adults answered the Portuguese version of the scale, which showed adequate levels of reliability and validity. A confirmatory factor analysis was conducted, and the fit indexes support the original model. Therefore, the Portuguese version is an effective measure of personal beliefs about appearance. There were significant gender differences in both facets, and also in the instrument’s global score, with females presenting higher results in all these dimensions.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3424
ISSN: 1646-6004
Aparece nas colecções:MTI - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
LP_8_21-36.pdf140,46 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.