Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3347
Título: Preditores da dependência nicotínica e do comportamento planeado para deixar de fumar
Autor: Afonso, Fernanda
Pereira, Maria da Graça
Palavras-chave: Dependência nicotínica
Representações do tabaco
Teoria do comportamento planeado
Nicotine dependence
Theory of planned behavior
Tobacco representations
Data: 2013
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Citação: Análise Psicológica, 31, 17-29
Resumo: Este estudo avaliou os preditores da dependência tabágica e o modo como as representações do tabaco contribuem para as variáveis sócio-cognitivas na cessação tabágica. Participaram no estudo 224 fumadores. Os resultados revelaram que ter menos idade, ser do sexo masculino, ter doença respiratória, fumar mais cigarros por dia, ter um parceiro que fuma, menor qualidade de vida mental e mais morbilidade psicológica foram preditores de maior dependência tabágica. Por sua vez, mais idade, menor compreensão, representações emocionais mais ameaçadoras e parceiro não fumar revelaram-se preditores da intenção; menor compreensão, representações cognitivas mais ameaçadoras e parceiro não fumar previram as atitudes face ao comportamento deixar de fumar; mais idade, representações emocionais e cognitivas mais ameaçadoras e parceiro não fumar previram as crenças de comportamento em relação a deixar de fumar; representações emocionais mais ameaçadoras e parceiro não fumar previram as normas subjetivas; representações cognitivas menos ameaçadoras e parceiro não fumar previram o controlo comportamental percebido; mais idade, parceiro não fumar e representações emocionais mais ameaçadoras previram as crenças normativas/controlo. As representações emocionais e cognitivas mais ameaçadoras e ser do sexo masculino, foram os preditores do planeamento do coping/ação. Este estudo enfatiza a importância das representações do tabaco nos programas de cessação tabágica.
ABSTRACT: This study analyzed the predictors of smoking dependence and study how tobacco representations contribute to socio-cognitives variables in smoking cessation. Participated in the study 224 smokers. Being younger, male, having a respiratory disease, smoke more cigarettes per day, having a partner who smokes, having less mental quality of life and more psychological morbidity were predictors of higher nicotine dependence. On the other hand, the variables that predicted intention were being older, less comprehensibility towards smoking, more threatening emotional representations and having a nonsmoker partner; attitudes towards behavior were predicted by less comprehensibility towards smoking, more threatening cognitive representations and having a non-smoker partner; being older, more threatening emotional and cognitive representations and having a non-smoker partner predicted behavioral beliefs; more threatening emotional representations and having a non-smoker partner predicted subjective norms; less threatening cognitive representations and having a non-smoker partner predicted perceived behavioral control; being older, having a non-smoker partner, more threatening emotional representations predicted normative/control beliefs. More threatening emotional and cognitive representations and being male predicted coping/action planning. This study emphasizes the importance of tobacco representations in quit smoking programs.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3347
ISSN: 0870-8231
Aparece nas colecções:PSAU - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
AP_31_17-29.pdf150,78 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.