Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3334
Registo completo
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorAugusto, Helena-
dc.contributor.authorAguiar, Cecília-
dc.contributor.authorCarvalho, Leonor-
dc.date.accessioned2015-01-23T19:58:10Z-
dc.date.available2015-01-23T19:58:10Z-
dc.date.issued2013-
dc.identifier.citationAnálise Psicológica, 31, 49-68por
dc.identifier.issn0870-8231-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10400.12/3334-
dc.description.abstractCom este estudo, pretendeu-se compreender as perceções que os profissionais das equipas locais de intervenção do Alentejo têm em relação às suas práticas típicas e às práticas que consideram ideais. Participaram 167 profissionais de 25 equipas de Portalegre, Évora, Beja e Alentejo Litoral. A recolha de dados foi realizada com base no Questionário aos Profissionais de Intervenção Precoce na Infância (IPI) e na Escala de Avaliação de Serviços: Famílias em Contextos Naturais (McWilliam, 2000/2008). De acordo com os resultados obtidos, (1) existem diferenças entre as perceções dos profissionais em relação às práticas típicas e às práticas ideais; (2) não existem diferenças na perceção dos mesmos profissionais em relação às práticas típicas e às práticas ideais, em função das variáveis idade, tempo de experiência profissional em IPI, formação de base e formação complementar; e (3) existem diferenças entre as perceções dos profissionais em relação às práticas típicas, em função das suas perceções acerca do tipo de funcionamento da equipa, com os profissionais que caracterizam a equipa como transdisciplinar a relatar práticas típicas mais próximas das práticas recomendadas. Os resultados sugerem a necessidade de promover a transdisciplinaridade das equipas de IPI bem como a qualidade das suas práticas.-
dc.description.abstractABSTRACT: In this study we aim to understand the perceptions that professionals of Local Intervention Teams (LIT) of Alentejo have about their typical practices, as well as their perceptions about the ideal practices. Participants were 167 professionals from 25 teams from Portalegre, Évora, Beja, and the region of the Alentejo coast. Data were collected with the Questionnaire to ECI Professionals and the Portuguese translation of the Families in Natural Environments Scale of Service Evaluation (FINESSE; McWilliam, 2000/2008). According to the results, it appears that (1) there are statistically significant differences between the perceptions that practitioners of LIT of Alentejo have regarding typical and ideal practices; (2) there are no statistically significant differences between the perceptions that professionals of LIT of Alentejo have, in relation to typical and ideal practices, when considering variables such as age, years of experience in ECI, basic training, and further training; and (3) there are statistically significant differences between the perceptions of professionals of LIT of Alentejo regarding typical practices, as a function of professionals perceptions regarding the functioning of their team, with professionals that rate their team as transdisciplinary reporting typical practices closer to recommended practices. The results raise the need to increase transdisciplinarity in LIT as well as the quality of their practices.-
dc.language.isoporpor
dc.publisherInstituto Superior de Psicologia Aplicadapor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectAlentejopor
dc.subjectIntervenção precoce na infânciapor
dc.subjectPerceçõespor
dc.subjectPráticas ideaispor
dc.subjectPráticas típicaspor
dc.subjectEarly childhood interventionpor
dc.subjectIdeal practicespor
dc.subjectPerceptionspor
dc.subjectTypical practicespor
dc.titlePráticas atuais e ideais em intervenção precoce no Alentejo : Perceções dos profissionaispor
dc.typearticlepor
degois.publication.firstPage49por
degois.publication.lastPage68por
degois.publication.locationLisboapor
degois.publication.titleAnálise Psicológicapor
dc.peerreviewedyespor
degois.publication.volume31por
Aparece nas colecções:PDES - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
AP_31_49-68.pdf103,85 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.