Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3319
Título: A relação entre a qualidade de vinculação e o desenvolvimento emocional de crianças em idade pré-escolar
Autor: Ferreira, Patrícia Sofia de Oliveira
Orientador: Santos, António José
Palavras-chave: Emoções
Conhecimento emocional
Vinculação
Emotions
Emotional knowledge
Attachment
Data de Defesa: 2014
Resumo: A competência emocional durante os primeiros anos de vida desenvolve-se no contexto da relação de vinculação (Soares, 2009). A qualidade da vinculação é assim associada às diferenças na forma como as crianças em idade pré-escolar expressam as suas emoções e compreendem os estados emocionais do próprio e dos outros (Veríssimo et al., 2003). No seio de uma vinculação segura, as crianças têm a oportunidade de se expressar emocionalmente, aumentando o seu conhecimento acerca das emoções. O objetivo deste estudo foi avaliar o conhecimento emocional de um grupo de crianças em idade pré-escolar, verificando a sua associação com a qualidade da vinculação. Participaram nesta investigação 55 crianças com 4 anos de idade, dos concelhos de Lisboa e Oeiras. Utilizou-se a adaptação portuguesa do Affect Knowledge Test - AKT (Denham, 1986) para aferir a compreensão que as crianças têm das emoções e o Attachment Story Completion Task – ASCT (Bretherton, Ridgeway & Cassidy, 1990) para aceder à qualidade das representações de vinculação. Os resultados apontaram para uma relação moderada entre a qualidade da vinculação e o conhecimento emocional das crianças. Infere-se assim, que as crianças com modelos internos dinâmicos seguros têm um maior conhecimento das emoções.
ABSTRACT: The emotional competence during the first years of life develops in the context of the attachment relationship (Soares, 2009). The quality of the attachment is therefore associated to the differences in the way children in preschool years express their emotions and understand the emotional states of the self and of others (Veríssimo et al, 2003). In the context of a secure attachment, children have the opportunity of expressing emotionally, increasing their knowledge about emotions. The purpose of this study was to evaluate the emotional knowledge of a group of children in preschool age, verifying their association with the quality of attachment. Fifty five four-year-old children, from Lisbon and Oeiras Counties, participated in this research. The Portuguese version of the Affect Knowledge Test - AKT (Denham, 1986) was used to assess the understanding that children have of emotions and the Attachment Story Completion Task – ASCT (Bretherton, Ridgeway & Cassidy, 1990) to access the quality of attachment representations. The results indicated a moderate relation between secure attachment and the emotional knowledge of children. Thus, it is concluded that children with secure internal working models have a greater knowledge of emotions.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3319
Designação: Mestrado em Psicologia Clínica
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
20174.pdf601,1 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.