Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3249
Título: Questões acerca da avaliação do comportamento sexual
Autor: Ribeiro, José Luís Pais
Data: 1996
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Citação: Análise Psicológica, 14, 13-21
Resumo: O comportamento sexual é uma das principais causas das doenças de transmissão sexual (DTS) que se tornaram fonte de preocupação crescente para os profissionais de saúde, políticos e população em geral, quer pelas suas consequências directas, nalguns casos de vida ou de morte, quer pelas suas consequências indirectas como sejam os custos sociais e económicos. A opinião pública tende a dar especial atenção A prevenção secundária e terciária enquanto, sem dúvidas, a prevenção primária é a intervenção mais importante. A maneira de avaliar os comportamentos sexuais das populações de modo a organizar programas de prevenção primária passa, normalmente, por questionários estruturados do tipo dos utilizados em epidemiologia da saúde. Ora a investigação tem demonstrado que uma percentagem elevada de indivíduos não responde a questões sobre temática sexual, reduzindo a validade interna e externa das investigações epidemiológicas, enviesando as conclusões e prejudicando, por isso, a intervenção do psicólogo clínico da saúde que, ao organizar programas de intervenção em prevenção primária se baseará em dados incorrectos. O objectivo da investigação aqui apresentada pretende identificar as características de um grupo de risco (jovens) quanto ao comportamento sexual, que não respondem a perguntas de temática sexual, com o objectivo, por um lado, de julgar se se devem considerar os dados disponíveis benévolos ou, pelo contrário, se os dados disponíveis deverão ser considerados mais graves e, por outro lado, de discutir como se pode melhorar a comunicação em investigação epidemiológica de modo a recolher dados fidedignos.
ABSTRACT: The sexual behaviour is one main cause on transmission sexual diseases (TSD) which become a source of growing concern among health specialists, politicians and general population, either by their direct consequences - in some cases of life and death - as by, their indirect consequences, such as social and eco - nomic costs. The public opinion pay special attention to secondary and tertiary prevention while, in fact, the primary prevention is the most important intervention. The methodology to assess the population’s sexual behaviour in order to organise primary prevention programs is usually supported by structured surveys alike those questionnaires used on health epidemiology. Nevertheless, research has showed that an important percentage of subjects do not answer to questions on sexual thematic, which mean a narrowing of epidemiological research interna1 and externa1 validity, producing a bias on conclusions, prejudicing, therefore, the health clinical psychologist intervention, basing the organisation of their intervention programs on inaccurate data. The main goal of this research report is to identify the characteristics of a risk group (teenagers) regarding their sexual behaviour, whom did not answer to sexual thematic questions, aiming, in one hand, to establish if we should consider the available data as benevolent or, on contrary, if the available data should be taken as more serious and, in the other hand, to discuss how we can improve the communication in epidemiological research in order to obtain more reliable data.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3249
Aparece nas colecções:PSAU - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
AP_1996_1_13.pdf750,63 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.