Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/321
Título: Contribuição para o estudo do comportamento do cágado - mediterrânico mauremys leprosa, schweigger, 1812 Testudines: Emydidae
Autor: Araújo, Ana Paula Rito Valente
Orientador: Avelar, Teresa
Crespo, Eduardo G.
Palavras-chave: Etologia
Ethology
Data de Defesa: 1996
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Resumo: O Cágado Mauremys leprosa, está incluído na família Emydidae, que engloba a maior parte das espécies actuais de tartarugas de água doce. Na Europa, esta espécie existe na Península Ibérica e no Sul de França onde aparentemente não está ameaçada. Este trabalho insere-se num programa mais amplo do estudo da biologia do Cágado visando contribuir para o seu programa de conservação em Portugal. Neste quadro, desenvolveu-se o estudo do comportamento desta espécie cujos objectivos foram: a elaboração do etograma; o estudo dos seus ritmos de actividade, a análise de alguns comportamentos e a distribuição espacial. O estudo decorreu de Janeiro a Julho de 1995 e foi efectuado na Herdade do Ludo, na população desta espécie que habita a Ribeira de S. Lourenço. Apresenta-se um esboço do etograma da espécie, onde se apresentam a des¬crição de comportamentos comparando com as informações existentes para outras espécies de tartarugas, especialmente as de água doce e que serviram de base ao estudo dos ritmos de actividade. O estudo da actividade, efectuado através da contabilização do número de indivíduos visivelmente activos, foi relacionado com as temperaturas do ar e da água. Confirmou-se que a actividade desta espécie varia considerável mente com a época do ano, em que o número de indivíduos activos aumenta consideravelmente em Março sendo máximo em Abril e Maio e voltando a diminuir em Junho e Julho, havendo uma correlação positiva com a temperatura do ar durante os meses de Fevereiro a Abril (F- 0,82, M- 0,57 e A- 0,63 com p<0,001). Contabilizando-se o número de indivíduos da espécie activos, em cada troço da margem da área de estudo, verificou-se que os indivíduos exibem um elevado nível de tolerância com interacções agonísticas muito raras.
Descrição: Dissertação de mestrado em Etologia
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/321
Aparece nas colecções:PBIO - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM ARAU1.pdf7,47 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.