Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3037
Título: A família Buendía uma perspetiva transgeracional
Autor: Malléroni, Isabelle Christine Quina
Orientador: Carreiras, Maria Antónia Trigueiros de Castro
Palavras-chave: Buendía
Trangeracionalidade
Fantasma
Transgenerationality
Phantom
Data de Defesa: 2014
Resumo: A trangeracionalidade, na generalidade da literatura psicológica e psicanalítica demarca- -se enquanto um tema que requer atenção, devido à multiplicidade de espaços que se encontram envolvidos na compreensão e análise de uma perspetiva geracional. A transmissão de vida psíquica de uma geração para a outra, pode resultar na elaboração de mitos, fantasmas e na manutenção de segredos. Sendo estes potenciadores de disfuncionalidades a nível relacional, dificuldades no desenvolvimento de soluções, bem como dificuldades no aparelho de transformação. Assim de forma a existir uma perspectiva compreensiva das heranças familiares, e das ramificações deixadas pelas gerações posteriores elabora-se uma perspetiva, dessas mesmas heranças, através das conceções teóricas de alguns autores como, Sigmund Freud, René Käes e Haydée Faimberg. É através da análise da vida da família Buendía, descrita na obra Cem anos de Solidão, de Gabriel García Marquéz, que se iluminam algumas questões referentes ao processo de transmissão psíquica, com base num eixo geracional. O foco desta tese prende-se com a elaboração de uma análise, onde é possível verificar-se a importância das relações primárias no desenvolvimento psíquico da criança, assim como compreender quais os conteúdos transmitidos e como são transferidos. Elabora-se, também um entendimento relativamente à função exercida pelos mitos, fantasmas, e segredos, presentes no enredo familiar. Ressaltando a importância da constelação familiar no percurso de cada indivíduo, em detrimento da força das heranças às quais o sujeito herdeiro se encontra submetido.
ABSTRACT: The transgenerationality, in overall psychological and psychoanalytic literature defines itself as an issue that requires attention, due to the multiplicity of areas to be comprehended and analyzed. The transmission of psychic life from one generation to another can result in the development of myths, ghosts and secrets. These can be considered enhancer’s of dysfunctions in a relational level, difficulties in developing solutions, as well as difficulties in the processing information. So in order to have a comprehensive perspective of family heirlooms, and the branches left by posteriors generations, we elaborated an understanding of those heritages through the theoretical perspectives of: Sigmund Freud, René Käes and Haydée Faimberg. It is through the analysis of the life of the Buendía family, described in the work of One Hundred Years of Solitude, by Gabriel García Márquez, which illuminate some issues related to the process of psychic transmission, based on a generational axis. The focus of this thesis concerns the development of an analysis, where it is possible to verify the importance of the primary relationship in the psychic development of the child, as well an understanding in the content which is transmitted and transferred. We also elaborate an understanding of the significances of myths, ghosts and secrets. Throughout the work the idea we verified the prominence of the family in the future of someone can manifest the power of heritage.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3037
Designação: Mestrado em Psicologia Clínica
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
14321.pdf440 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.