Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2937
Título: Contributo para o estudo da Escala de Valores Humanos de Schwartz em professores
Autor: Granjo, Manuel
Peixoto, Francisco José Brito
Palavras-chave: Contexto escolar
Escala de Valores
Validade fatorial
Fiabilidade
School context
Portrait Values Scale
Factorial validity
Reliability
Data: 2013
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Citação: Laboratório de Psicologia, 11, 3-17
Resumo: O presente estudo teve por objetivo o estudo das características psicométricas da Escala de Valores de Schwartz, no sentido de confirmar a sua adequação numa amostra de professores portugueses. Esta escala é uma versão reduzida do Portrait Values Scale (PVS) desenvolvido por Schwartz et al. (2001). É constituída por 21 itens, que refletem 10 valores motivacionais em quatro orientações fundamentais, organizadas em dois eixos conceptuais básicos: autotranscendência vs. autopromoção e abertura à mudança vs. valores de conservação. Numa primeira fase do estudo, participaram 201 professores de dois colégios particulares da zona de Lisboa e Vale do Tejo. A análise fatorial exploratória revelou um bom ajustamento à estrutura teórica (4 fatores, 49% da variância explicada). Na segunda fase, a análise fatorial confirmatória realizada sugere o ajustamento do modelo. Nesta fase, participaram no estudo 450 professores a lecionarem no ensino básico e secundário, em estabelecimentos de ensino do ensino particular e cooperativo, distribuídos pelo território nacional e ilha da Madeira. Na consistência interna, para as quatro dimensões consideradas, obtiveram-se valores entre .73 e .80. Nas análises realizadas a escala de valores de Schwartz revelou índices satisfatórios de validade fatorial e fiabilidade, sugerindo a adequação da sua utilização com professores portugueses.
ABSTRACT: The aim of this research was to analyse the psychometric properties of the Schwartz’s Values Scale in order to confirm its adequacy in a sample of Portuguese teachers. This scale is a short version of the Portrait Values Scale (PVS) developed by Schwartz et al. (2001) and is constituted by 21 items, which reflect 10 motivational values structured in four fundamental orientations, organized in two conceptual axes: self-transcendence vs. self-enhancement and openness to change vs conservation values. In a first study, 201 teachers from two private schools in the region of Lisboa and Vale do Tejo participated as subjects. An exploratory factor analysis showed a good fit to the theoretical structure (4 factors, 49% of variance explained). A second study, using Confirmatory Factor Analysis suggested a good fit of the model. 450 basic and secondary teachers from private schools from all around Portugal and Madeira island participated in this second study. Reliability for the four dimensions ranged from .73 to .80. In the analyses carried out, the Schwartz’s Values Scale showed adequate validity and reliability, suggesting to be an adequate instrument to use with teachers.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2937
DOI: 10.14417/lp.699
ISSN: 1645-7927
Aparece nas colecções:MTI - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
LP-11-1_699.pdf22,6 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.