Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2846
Título: A segurança dos modelos internos e o conhecimento emocional nas crianças de idade pré-escolar = Internal models and emotional knowledge in preschool children
Autor: Rebelo, Ana Sofia Garcia
Veríssimo, Manuela
Machado, Paula Maló
Silva, Filipa
Palavras-chave: Segurança da vinculação
Modelos internos dinâmicos
Emoções
Conhecimento emocional
Idade pré-escolar
Attachment security
Internal working models
Emotions
Emotional knowledge
Preschool age
Data: 2013
Editora: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Citação: Psicologia: Reflexão e Crítica. 26(3), 591-598.
Resumo: O objectivo deste estudo foi verifi car se a segurança das representações mentais da relação de vinculação das crianças se correlaciona com um maior conhecimento das emoções, na idade do pré-escolar. Participaram 176 crianças do distrito de Lisboa, com idades entre os 3 e 5 anos. Utilizou-se a escala contínua de segurança do Attachment Story Completion Task e a adaptação portuguesa do Affect Knowledge Test. Os resultados sugerem que as crianças com modelos internos seguros apresentam um maior conhecimento das emoções, não havendo infl uência da capacidade verbal. Este estudo sugere que crianças com modelos internos seguros experienciam relações mais calorosas com os seus cuidadores, nas quais é possível partilharem e discutirem experiências emocionais de forma aberta e suportada permitindo que estas apresentem um maior conhecimento emocional
ABSTRACT - The present study aims to clarify the relation between attachment representations and emotional knowledge in preschool children. One hundred seventy-six Portuguese children between 3 and 5 years old participated in the study. Quality of attachment representations was assessed using the Attachment Story Completion Task, and emotional knowledge was assessed by the Portuguese version of the Affect Knowledge Test. Our results suggest that children with secure internal working models show more emotional knowledge. No differences were found regarding verbal ability. These fi ndings suggest that children with secure internal working models experience warmer relationships with their caregivers, sharing and discussing emotional experiences in an open and supportive way, allowing them to experience greater emotional knowledge.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2846
ISSN: 0102-7972
Aparece nas colecções:PDES - Artigos em revistas internacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
v26n3a19.pdf415,1 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.