Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2843
Título: Estudo exploratório de factores potenciadores de stress e de suporte social percepcionados por famílias homoparentais adoptantes
Autor: Fernandes, Inês Oliveira Monteiro
Orientador: Ornelas, José H.
Palavras-chave: Famílias homoparentais
Factores de suporte social
Factores de stress
Same-sex headed families
Factors of social support
Factors of stress
Data de Defesa: 2013
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Resumo: Este estudo teve como objectivo identificar possíveis factores potenciadores de stress e de suporte social percepcionados por famílias homoparentais que recorreram à adopção individual. Participaram no estudo dois casais, um de homens gays e outro de mulheres lésbicas. Na recolha de dados foi utilizada a entrevista semi-estruturada, tendo emergido da Análise Temática sete grandes temas: Contexto Familiar, Adopção, Amigos, Comunidade Educativa, Meio Profissional, Comunidade Lésbica, Gay, Bissexual e Transgénero (LGBT) e Quadro Legal. Os principais resultados evidenciam que os factores de stress situam-se, fundamentalmente, ao nível do preconceito e discriminação em relação à homossexualidade, em diferentes contextos relacionais (particularmente Familiar e Meio profissional), reflectindo-se na Adopção devido sobretudo quer à internalização do estigma quer às limitações legais.O suporte da Família de origem e Amigos, foi indicado como capaz de colmatar o impacto do preconceito, contudo, estes contextos relacionais também evidenciaram poder constituir uma fonte de stress. O processo de adopção, e experiências adjacentes, foram percepcionados como factores promotores de stress, devido à orientação sexual e internalização do estigma, o que se deve, em grande parte, ao Quadro legal vigente em Portugal, discriminatório na adopção por casais homoparentais. A Comunidade Educativa é considerada um contexto com características de suporte, apesar de ser explicitamente manifesta a incompreensão da variedade familiar. A Comunidade LGBT foi identificada como estrutura de suporte na partilha de experiências, na aquisição de informação sobre a prática parental e na construção de uma identidade. Estas evidências sugerem a importância de compreender melhor e de forma mais aprofundada, as necessidades, a natureza e as causas da percepção do reduzido suporte social e do stress experienciado pelos casais homossexuais adoptantes, no sentido de serem desenvolvidas e implementadas intervenções adequadas e sustentáveis.
ABSTRACT: This study’s aime was to identify possible stress and social support factors, as perceived by same-sex headed families, who resorted to individual adoption. The participants were two same-sex couples, one male and one female. In the data collection, a semi-structured interview was used, which has emerged from the Thematic Analysis six major themes: Family Context, Friends, Educational Community, Professional Environment, Lesbian, Gay, Bisexual and Transgender (LGBT) Community and Legal Framework. The main results show that the stress factors are related essentially to the level of prejudice and discrimination towards homosexuality in different relational contexts (mostly family and professional environment); this is reflected in the adoption mainly due to the internalization of stigma or legal restrictions. The family and friends support was indicated as able to offset the impact of prejudice, however also showed a possible source of stress. The process of adoption and inherent experiences were perceived as promoters of stress due to sexual orientation and stigma internalization, which is largely dued to the current legal framework in Portugal, which adoption by same-sex couples is discriminatory. The educational community is considered a context with supporting features; despite this is explicitly expressed incomprehension of the family diversity. The LGBT community was identified as a support structure in the sharing of experiences, the acquisition of information on parenting and identity construction. These evidences suggest the importance of better and more deeply understanding, the needs, the nature and causes of perception of reduced social support and of stress, experienced by same-sex couples who adopt, so that new and sustainable interventions could be developed and implemented.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Comunitária apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2843
Aparece nas colecções:PCOM - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
20078.pdf366,86 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.