Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2832
Título: Bem-estar subjetivo, bem-estar no trabalho e satisfação no trabalho
Autor: Viegas, Rita Isabel Sampaio
Orientador: Almeida, Pedro Henrique Garcia Lopes de
Palavras-chave: Bem estar subjetivo
Bem estar no trabalho
Satisfação com o trabalho
Função pública
Trabalhadores privados
Subjective well being
Well being at work
Job satisfaction
Public sector
Private sector
Data de Defesa: 2013
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Resumo: O presente estudo teve como objetivo avaliar o bem estar subjetivo, o bem estar no trabalho e a satisfação no trabalho em trabalhadores cujas entidades patronais pertencem ao regime Público e ao Regime Privado de modo a identificar correlações significativas entre estas variáveis, tal como refere a literatura, mas também a proceder à comparação entre os resultados das suas amostras, com a expectativa de que diferenças significativas seriam encontradas. Foram utilizados como instrumentos a escala PANAS (Galinha e Pais Ribeiro, 2005) e a Escala de Satisfação Com a Vida - ESCV (Neto, 1993), a UWES-9 e o Questionário de Satisfação com a Prática Profissional de Pais Ribeiro e Maia. Os resultados vão, de uma forma geral, ao encontro do definido na literatura para as variáveis em estudo, no entanto apenas foram encontradas diferenças significativas entre as duas amostras no bem estar no trabalho, revelando a amostra de trabalhadores do regime publico, um maior nível de bem estar no trabalho. Foram ainda encontradas diferenças entre estes 2 grupos na dimensão “Reconhecimento pelos outros do trabalho realizado” da escala de Satisfação com a Prática Profissional.
ABSTRACT: The present study aimed to assess the subjective well-being, the well being at work and the job satisfaction among workers whose employers belong to the Public and the Private Sector, in order to identify significant correlations among this variables as mentioned in the literature, but also, to compare their results, with the expectation that significant differences would be found. The PANAS scale (Galinha and Pais Ribeiro, 2005), the Satisfaction with Life Scale - SWL (Neto, 1993), the UWES-9 and the Satisfaction with the Professional Practice Questionnaire (Pais Ribeiro & Maia) were used as instruments. In general, results are consistent with the literature in what concerns the variables under study. However, significant differences were only found for the two samples of the work well being, demonstrating a greater level of well being at work in the public sector. It was also found differences between these two groups in the dimension "Recognition of the work done by others" of the Satisfaction with Professional Practice scale.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Social e das Organizações apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2832
Aparece nas colecções:PORG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
15378.pdf12,64 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.