Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2808
Título: Avaliação da qualidade de vida em mulheres com cancro da mama: Estudo exploratório com 55 mulheres angolanas
Autor: Duarte, Ilda da Conceição Afonso Sebastião
Orientador: Leal, Isabel Pereira
Palavras-chave: Cancro da mama
Tratamentos
Qualidade de vida
Data de Defesa: 2013
Editora: ISPA -Instituto Universitário
Resumo: Objetivo: Avaliar a QDV das mulheres angolanas, diagnosticadas com cancro da mama, tratadas no Centro Nacional de Oncologia (CNO)/Luanda e identificar o papel das variáveis sociodemográficas e clínicas, uma vez que as causas da observância desproporcional da morbimortalidade entre mulheres brancas e negras com essa doença, ainda não estão bem definidas, e as desvantagens apontadas na literatura como estando na base dessa desproporção, não estão bem explicadas. Método: A avaliação foi realizada através de um questionário sociodemográfico e o questionário da Organização Europeia para a Pesquisa e Tratamento do Cancro (EORTC QLQ-C30) e o módulo para o cancro da mama (QLQ-BR23). Foram avaliadas 55 mulheres angolanas escolhidas mediante o método da amostragem intencional. As idades variaram entre os 24 e 89 anos, essencialmente viúvas (29,1) maioritariamente da etnia Umbundo (40,0%), e de raça negra (94,5%). Resultados: a maioria das mulheres, avaliou a sua QDV como sendo boa. A avaliação negativa foi mais frequente em pacientes mais velhas, não casadas e que realizaram mastectomia. A “Imagem Corporal” (BRBI) surgiu como uma associação positiva. Encontrou-se, no entanto, uma associação negativa nas subescalas de “Funcionamento Social” (SF), “Fadiga” (FA) e “Prazer Sexual” (BRSEF). Com menor significância, surgiram também a “Diarreia” (DI), e a “Preocupação com a Queda de Cabelo” (BRHL). Conclusão: Embora grande parte das mulheres tenham relatado a sua QDV como sendo boa, o tratamento sistêmico e a mastectomia, surgiram como preditores negativos de QDV, pelo que maiores e mais aprofundados estudos dever-se-á realizar, para a melhoria da assistência médica oncológica.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia da Saúde apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2808
Aparece nas colecções:PSAU - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
20994.pdf829,49 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.