Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2793
Título: A psicose – um encontro entre as teorias de Bion e a metodologia Rorschach
Autor: Macedo, Débora Solange Lopes Macedo
Palavras-chave: Bion
Rorschach
Psicose
Desenvolvimento do Pensamento
Funções
Psychosis
Thought development
Functions
Data de Defesa: 2013
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Resumo: Este estudo tem como ponto de partida a teoria do pensamento e os modelos conceptuais de Bion. A psicose apresenta-se como uma grave perturbação dos processos do pensamento resultantes de falhas que ocorrem durante o desenvolvimento psíquico. Estas implicam défices graves, ou mesmo a ausência das funções consideradas fundamentais para o desenvolvimento do pensamento e da personalidade. Destacamos a função α, a função continente, a função K e a capacidade de rêverie. Acedemos ainda aos conceitos de dimensionalidade psíquica e às noções de vazio, de Grotstein e Meltzer. Neste estudo procuramos compreender, através do Rorschach, os processos característicos da psicose, partindo de algumas hipóteses formuladas com base na conceptualização teórica. Para o efeito foram organizados e adaptados procedimentos de análise Rorschach, em função das hipóteses definidas: falhas na introjeção da função α; falhas na relação continente-conteúdo; inversão da função α; intolerância à frustração; ataque aos vínculos. Os resultados evidenciaram a extrema sensibilidade do instrumento às perturbações dos processos do pensamento, associadas nomeadamente à impossibilidade de pensar e simbolizar, à fragilidade dos limites, à utilização da identificação projetiva patológica, à fuga da realidade, à intolerância ao vazio deixado pela ausência do continente e à bizarria do pensamento.
ABSTRACT: This study has as starting point Bion’s theory of thought and his conceptual models. Psychosis presents itself as a serious disturbance of thought processes resulting from failures that occur during psychic development. These involve serious deficits, or even the absence of functions considered essential for the development of thought and personality. From those, we highlight the α function, the continent function, the K function and the capacity for reverie. We also acceded to Grotstein and Meltzer concepts of psychic dimensionality and emptiness. In this study, we attempt to understand, through Rorschach, the characteristic processes of psychosis, using some hypotheses formulated from the theoretical conceptualization. For this purpose we organized and adjusted some Rorschach analysis procedures, based on the assumptions set: failures in the internalization of the α function; failures in the container-contained relationship; α function in reversal; frustration intolerance, bonds attack. The results showed the extreme sensitivity of the instrument to disturbances of thought processes, particularly related to the inability to think and symbolize the fragility of the boundaries, the use of pathological projective identification, escape from reality, intolerance to the empty space left by the absence of the continent and the bizarreness of thought.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica, apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2793
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
18258.pdf760,41 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.