Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2774
Título: Potenciais implicações dos conflitos no bem-estar no trabalho, na satisfação profissional e no desempenho contextual
Autor: Alves, Ana Filipa Marcelo
Orientador: Oliveira, Teresa Cristina Clímaco Monteiro d'
Palavras-chave: Conflitos organizacionais
Bem-estar no trabalho
Satisfação profissional
Desempenho contextual
Organizational conflicts
BET
Job satisfaction
Contextual performance
Data de Defesa: 2013
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Resumo: As organizações encontram-se estruturadas com base em grupos de trabalho que interagem entre si com vista ao alcance de objetivos comuns. O potencial do trabalho e do desenvolvimento de um grupo são, também, função dos seus aspetos emocionais e do modo como, muitas vezes, o grupo gere as situações conflituais com que se vê confrontado ao longo da sua existência. Deste modo, a presente investigação procurou compreender as potenciais implicações que os conflitos organizacionais podem ter no Bem-estar laboral, na Satisfação Profissional e no Desempenho Contextual dos indivíduos. Com uma amostra de 132 participantes, este estudo utilizou o Questionário de Ambiente de Trabalho para avaliar os Conflitos (Vicente & D' Oliveira, 2012), para medir o BET a versão portuguesa da UWES de Schaufeli e Bakker (2003), para medir a Satisfação Profissional a escala de Lima, Vala e Monteiro (1994), e por fim, para medir o Desempenho Contextual utilizaram-se 15 itens propostos pelos autores Motowidlo e Van Scotter (1994) e traduzidos posteriormente por Alves e D’ Oliveira (2013). Os resultados pretenderam explorar o efeito mediador que o bem-estar no trabalho e a satisfação profissional exercem sobre a relação entre os conflitos e o desempenho contextual. Para o efeito, recorreu-se à análise de regressões lineares múltiplas, tendo sido verificado o modelo de investigação proposto. Foi obtido um efeito mediador do bem-estar no trabalho e da satisfação profissional na relação entre os conflitos e o desempenho contextual.
ABSTRACT: Organizations are structured so that work groups can interact among themselves in order to achieve common goals. The groups work potencial and development depends directly on the way in which the group manages conflicts throughout its existence. This investigations purpose is to understand the implications that organizational conflicts can have on the labor well-being, job satisfaction and on the subjects contextual performance. With a sample of 132 individuals this study used the “Questionário de ambiente de trabalho” to evaluate the conflicts (Vicente & D' Oliveira, 2012). To measure the BET we used the Portuguese version of UWES (Schaufeli & Bakker, 2003). To measure the job satisfaction we used the (Lima, Vala, and Monteiro (1994) scale. And, finally, to measure the contextual performance we used 15 items proposed by Motowidlo and Van Scotter (1994) and translated by Alves and D`Oliveira (2013). The purpose of the results is to explore the mediating effect that the labor well-being and professional satisfaction have on the relation between conflict and contextual performance. In order to do this I used a multiple linear regressions analysis and the proposed model of investigation was verified. I obtained mediating effect of labor well-being and professional satisfaction in the relation between conflicts and contextual performance.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Social e das Organizações apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2774
Aparece nas colecções:PORG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
17928.pdf1,81 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.