Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2773
Título: Lutos gestacional e neonatal: Vivência subjectiva materna da perda
Autor: Tavares, Ana Catarina da Silva
Orientador: Salgueiro, Emílio Eduardo Guerra
Palavras-chave: Perdas
Luto perinatal
Vivências subjectivas
Losses
Perinatal grieving
Subjective experiences
Data de Defesa: 2013
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Resumo: Introdução: A perda de um filho é sempre um traumatismo ligado à perda de um objecto de amor em pleno investimento narcísico e libidinal (Keating & Seabra, 1994). Actualmente não existem estudos específicos acerca das vivências psicológicas de mulheres que tenham sofrido várias perdas perinatais. Assim, o objectivo principal deste estudo é o de conhecer, descrever e compreender o processo e o trabalho de luto em casos de perda perinatal e o objectivo específico prende-se com uma compreensão mais profunda acerca da experiência subjectiva de uma mãe que sofreu diversas perdas perinatais. Método: Abordagem qualitativa, de tipo estudo de caso e com carácter exploratório; foi obtida uma amostra intencional e de conveniência, constituída por um único sujeito, do sexo feminino. Recorreu-se a uma Entrevista não-directiva, à técnica projectiva de Rorschach, ao Inventário de Desenvolvimento Pós-Traumático e à Escala de Luto Perinatal. Resultados: Foram descritos sentimentos de choque, aturdimento, culpa, solidão, desamparo, injustiça e isolamento ao longo do seu processo. Apesar disso, o suporte conjugal revelou-se eficaz. Foram notórias ainda dificuldades nas estratégias de Coping para lidar com as perdas, dificuldades identitárias e a existência de um núcleo depressivo associado a sentimentos de tristeza e vazio. Conclusão: A emergência de cargas fantasmáticas relacionadas com a prematuridade e com as perdas fazem com que os mecanismos de defesa estejam cada vez mais fracos. Assim, torna-se fundamental “agarrar” esta mulher e ajudá-la a criar novas estratégias eficazes para integrar todos os aspectos da sua vida e para que encontre o equilíbrio emocional.
ABSTRACT: Introduction: The loss of a child is always a traumatism associated with the loss of a love object in full narcissistic and libidinal investment (Keating & Seabra, 1994). However, there are no specific studies about the psychological experiences of women who have undergone several perinatal losses. Thus, the primary aim of this study is to know, describe and understand the process of mourning and grief work in cases of perinatal loss and the specific aim concerns with a deeper understanding of the subjective experience of a mother who suffered several perinatal losses. Method: Qualitative approach, the case study type, with an exploratory nature, and was obtained a purposeful and convenience sample constituted by a single female subject. We used a non-directive interview, the Rorschach projective technique, the Posttraumatic Development Inventory and Perinatal Grief Scale. Results: She described feelings of shock, daze, guilt, loneliness, helplessness, injustice and isolation throughout its process. Nevertheless, the marital support proved to be effective. Still, were notorious difficulties in Coping Strategies for dealing with losses, identity difficulties and the existence of a depressive nucleus associated with feelings of sadness and emptiness. Conclusion: The emergence of fantasmatic charges related to prematurity and losses make the defense mechanisms are increasingly weak. Thus, it becomes essential to "grab" this woman and help her create new effective strategies to integrate all aspects of your life and to find emotional balance.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica apresentada ao ISPA - Institto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2773
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
17919.pdf763,46 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.