Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2768
Título: Go with the flow: O impacto do flow em contexto de trabalho nas experiências de recuperação e no bem-estar laboral
Autor: Filipe, Alexandra Margarida Lourenço
Orientador: Oliveira, Teresa Cristina Clímaco Monteiro d'
Palavras-chave: Flow em contexto de trabalho
Bem-estar no trabalho
Experiências de recuperação
Flow in the workplace
Work well-being
Recovery experience
Data de Defesa: 2013
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Resumo: Este estudo tem como objetivo analisar o impacto do Flow em contexto de trabalho no bem-estar laboral, e na forma como as pessoas experienciam a sua recuperação no trabalho e fora dele. Neste sentido um total de 265 participantes estiveram envolvidos neste estudo, provenientes da população em geral que trabalha há pelo menos um ano no mesmo local de trabalho. Utilizou-se o The Work-Related Flow Inventory – WOLF para avaliar o flow em contexto de trabalho (Bakker, 2008), adaptada por Filipe & D’Oliveira (2013), para medir o bem-estar no trabalho Work and Well-being survey – UWES (Schaufeli & Bakker, 2003), e para medir as experiências de recuperação The Recovery Experience (Sonnentag & Fritz, 2007), adaptada por D’Oliveira (2012). Tendo em conta as variáveis acima descritas, foi proposto um modelo de investigação, onde se explorou o efeito mediador que as experiências de recuperação exercem sobre a relação entre o flow em contexto de trabalho e o bem-estar no trabalho. Em simultâneo, este estudo tem também como objetivo uma validação cruzada dos resultados composta por duas fazes, com a finalidade de se obter um teste mais forte do modelo. Assim, a amostra foi dividida em duas, em que na fase exploratória foi utilizada a amostra A, e numa fase confirmatória foi utilizada a amostra B, confirmando assim os resultados. Os resultados, sugerem uma não confirmação do modelo de investigação proposto, devido à ausência de relação estatisticamente significativa entre as experiencias de recuperação e o bem-estar no trabalho. Apesar de não ter sido identificado um modelo de mediação, os resultados apontam para a relevância das variáveis em estudo, tendo sido apontados efeitos diretos entre o flow em contexto de trabalho e as experiências de recuperação, como também com bem-estar no trabalho.
ABSTRACT: This study aims to analyze, within workplace environment context, the impact of the Flow in the well-being at work, and in how people experience their recovery at work and outside it. To support this, a total of 265 participants from the general population who work in the same workplace for at least one year were involved in this study. It was used the The Work-Related Flow Inventory - WOLF to evaluate the flow in the context of work (Bakker, 2008), adapted by Filipe & D'Oliveira (2013), to measure the well-being at work Work and Well-being survey - UWES (Schaufeli & Bakker, 2003), and to measure the recovery experiences The Recovery experience (Sonnentag & Fritz, 2007), adapted by D'Oliveira (2012). Regarding the variables described above, we proposed a research model, which explored the mediating effect that recovery experiences have on the relationship between the flow in the workplace and welfare at work. Simultaneously, this study also aims to cross validate the results, this is broken into two phases in order to obtain a more accurate result of the test model. Thus, the sample was divided into two, sample A was used in the exploratory phase and sample B was used in a confirmatory, thus confirming the results. The results suggest a non-confirmation of the proposed research model, due to the absence of a statistically significant relationship between the recovery experiences and well-being at work. Although no model of mediation was identified, the results point to the relevance of the variables under study, showing direct effects between the flow in the context of work and the recovery experiences, aswell as with well-being at work.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Social e das Organizações apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2768
Aparece nas colecções:PORG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
17831.pdf1,95 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.