Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2766
Título: Negociação de reféns: A intervenção do psicólogo clínico
Autor: Chibante, Bruno Miguel Clemente
Orientador: Pires, António Augusto Pazo
Palavras-chave: Negociação de reféns
Tomada de reféns
Psicólogo clínico
Hostage taking
Hostage negotiation
Clinical psychologist
Data de Defesa: 2013
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Resumo: Esta revisão de literatura visa aferir o estado da contribuição da psicologia na compreensão de situações de tomada de reféns, uma vez que este tipo de incidentes continuam a emergir internacionalmente e em Portugal, tanto na esfera do terrorismo político/religioso, como no quadro da delinquência em geral e da delinquência associada a problemáticas de saúde mental. Procede-se à exposição das particularidades de uma situação de reféns, dos trabalhos de aplicação de conceitos teóricos da psicologia às interações características deste episódios e da informação reunida na literatura sobre os seus intervenientes, com especial enfoque para a tipologia de agressores e para os papéis que o psicólogo clínico pode assumir na sua intervenção neste tipo específico de incidentes. Constata-se que o psicólogo clínico tem vindo, nas últimas décadas, a ser progressivamente integrado na resolução de tomadas de reféns, sobretudo como consultor. Contudo, tornam-se evidentes as lacunas na investigação empírica, no estudo dos tomadores e na compreensão deste tipo de comportamento criminoso, que, a serem colmatadas, reforçam a pertinência do recurso a profissionais da área da saúde mental na resolução pacífica deste tipo de eventos.
ABSTRACT: This literature review aims to assess the state of the psychology’s contributions in the comprehension of hostage taking, since this kind of incidents are still emerging internationally and in Portugal, whether in the political/religious terrorism sphere, as with delinquency in general and associated with mental health problems. It will then be presented the peculiarities of a hostage taking situation, the efforts of applying theoretical concepts from psychology to the interactions particular to this episodes and the information gathered in the literature about its characters, with a special emphasis to the typology of aggressor and the roles that a clinical psychologist may take on his intervention on this specific kind of incident. It’s noted that the clinical psychologist has been, in the last few decades, to be progressively included in the resolution of hostage taking situations, especially as a consulter. However, the gaps in the empiric investigation, the study of hostage takers and the understanding of this kind of criminal behavior are noticeable, and, if they are addressed, it will strengthen the relevance of the use of mental health professionals in the peaceful resolution of this sort of incidents.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicocriminologia apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2766
Aparece nas colecções:PLEG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
17796.pdf414,86 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.