Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2764
Título: Faz como eu e mostro-te quem sou: Efeitos da imitação nos comportamentos sociais de um jovem adulto com perturbação do espectro do autismo
Autor: Baleca, Andreia Filipa Baltazar
Orientador: Pimentel, Júlia van Zeller de Serpa
Palavras-chave: Perturbação do espectro do autismo
Comportamentos sociais
Imitação
Autism spectrum disorder
Social behaviors
Imitation
Data de Defesa: 2013
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Resumo: O nosso estudo tem como principal objectivo perceber a eficácia de uma prática interventiva, que utiliza como estratégia a imitação, nos comportamentos sociais de um jovem adulto com Perturbação do Espectro do Autismo (PEA). Foram assim focados como alvo de medição comportamentos distais, comportamentos exibidos para o adulto mas que não implicam contacto físico (olhar para o adulto, contacto ocular, sorrir para o adulto e vocalizar para o adulto) e proximais, comportamentos para o adulto que implicam contacto físico (tocar no adulto). O participante deste estudo, um jovem adulto do sexo masculino com PEA de 26 anos, pertence ao nível socioeconómico médio-alto e foi diagnosticado aos 3 anos com a perturbação. Apresenta défices nas 3 áreas da tríade que caracteriza esta perturbação (interacção social, comportamento e comunicação), principalmente na interacção social, além de um quadro de Deficiência Intelectual. Frequenta actualmente um Centro de Actividades Ocupacionais (CAO) numa Instituição onde decorreu este estudo. Tendo em mente o objectivo do estudo e para o clarificar, foi realizada uma investigação de sujeito único, metodologia que assume um carácter quantitativo e experimental, com um desenho de reversão ABAB (A – linha de base: a interacção onde era dada uma resposta responsiva sem imitação; B – intervenção: imitação de todos os comportamentos). Exigindo esta metodologia a descrição detalhada do participante, foram ainda usados, como instrumentos para recolha desta informação, entrevistas semi-estruturadas aos principais intervenientes no caso (Pai, Monitora, Psicóloga), uma escala de Avaliação de Traços Autísticos (ATA, Ballabriga, Escudé & Llaberia, 1994) e a análise documental do processo. Através dos resultados, verificou-se que a intervenção foi eficaz e provocou o aumento em um dos comportamentos sociais distais (olhar para o adulto), não permitindo os resultados afirmar a sua eficácia quanto aos restantes (contacto ocular, sorrir para o adulto e vocalizar para o adulto). Quanto aos comportamentos proximais (tocar do adulto), os resultados obtidos também não permitiram afirmar que a intervenção foi responsável pelo seu aumento.
ABSTRACT: Our study has as main goal to analyze the effectiveness of an interventional practice that uses a strategy of imitation, in social behavior of a young adult with Autism Spectrum Disorder (ASD). As target behaviors for intervention we focused some distal behaviors, exhibited for the adult but not involving physical contact - look at adult, eye contact, smile to adult and vocalize for adult - and proximal behaviors, behaviors involving physical contact - touch the adult. The participant of this study, a young adult male with ASD aged 26, belongs to the medium-high socio-economic status and was diagnosed with the disorder at age 3. He shows deficits in three areas of the triad that characterizes this disorder (social interaction, communication and behaviors), especially in social interaction, and has an Intellectual Disabilities. Currently, he attends a Centre of Occupational Activities in an Institution where this study took place. Having in mind the purpose of the study and to clarify it, we choose a single subject research design, a quantitative and experimental, with an ABAB reversal design (A - baseline: the interaction which was an answer responsive without imitation; B - intervention: imitation of all behaviors). This methodology requires a detailed description of the participant, therefore, as tools for gathering this information, semi-structured interviews with key persons (Father, Monitor, Psychologist), a scale of Autistic Traits Assessment (ATA Ballabriga, Escudé & Llaberia, 1994) were used, as well as data analysis from the process. The results show that intervention has been effective and resulted in an increase of one social behavior distal (look at adult), but not on the others (eye contact, smile to adult and vocalize for adult). Regarding the proximal behaviors (touching the adult), the results also did not confirm that the intervention was responsible for its increase.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Educacional apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2764
Aparece nas colecções:PEDU - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
17625.pdf1,44 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.