Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2758
Título: Materninade em contexto prisional
Autor: Gonçalves, Inês Silva Pereira de Almeida
Orientador: Vila Real, Ângela
Palavras-chave: Prisão
Mãe-bebé
Práticas educativas
Estilos parentais
Observação directa
Prison
Mother-infant
Parenting practices
Parenting styles
Direct observation
Data de Defesa: 2013
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Resumo: A maternidade em contexto prisional é uma área que preocupa cada vez mais investigadores e onde existem poucos estudos disponíveis, que permitam perceber o efeito do contexto do encarceramento nas práticas educativas utilizadas pela mãe. A presente proposta visa efectuar um estudo comparativo de mães-reclusas, mães ex-reclusas e mães que nunca passaram pela experiência da reclusão, com o objectivo de avaliar a influência do contexto prisional. Pretende-se assim estudar as práticas educativas parentais utilizadas no comportamento interactivo das mães com os seus filhos, tendo em conta os factores pessoais que podem interferir nesta relação e a adequação das externalizações realizadas pelas crianças. Utilizarse- á o método de observação directa não-participante e grelhas de observação em que serão registados os comportamentos observados na díade durante a respectiva interacção, em situação de jogo livre. Espera-se que com base nas hipóteses formuladas, os resultados do estudo validem o contexto teórico e permitam um adequado mapeamento das práticas educativas parentais com os estilos parentais associados. Os resultados obtidos poderiam ser utilizados na melhoria e adequação das condições, regras e rotinas de encarceramento das mães e respectivos filhos.
ABSTRACT: Motherhood in the prison context is an area that increasingly worries researchers and where few studies are available, that allow to understand the effect of the context of incarceration in the parenting practices used by the mother. This proposal aims to make a comparative study of prisoners- mothers, ex-prisoners mothers and mothers who never had the experience of imprisonment, with the objective of evaluating the influence of the prison context. We aim to study the parenting practices used in the interactive behavior of mothers and their children, taking into account personal factors that may affect this relationship and appropriateness of the externalizations performed by children. The method of non participant direct observation will be used along with observation grids where the observed behaviors in the dyad during their interaction in free play, will be recorded. It is expected that based on the hypotheses presented, the results of this study will validate the theoretical context and allow a proper mapping of parenting practices associated with parenting styles. The expected results could be used in the improvement and adjustment of conditions, rules and routines of imprisonment of mothers and their children.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicocriminologia apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2758
Aparece nas colecções:PLEG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
15042.pdf400,79 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.