Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2746
Título: Um corpo ao espelho: As narrativas rorschach e do corpo numa abordagem musicoterapêutica com toxicodependentes
Autor: Nanim, Armando Fiel Lourenço
Orientador: Marques, Maria Emília
Palavras-chave: Musicoterapia
Toxicomania
Imagem corporal
Rorschach
Instrução-espelho
Music therapy
Drug addiction
Body image
Rorschach
Mirror-instruction
Data de Defesa: 2013
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Resumo: Pretendemos com este estudo verificar a existência de invariantes no que diz respeito à imagem do corpo, a partir da análise de uma narrativa Rorschach e de narrativas construídas a partir de quatro instruções-espelho pedidas em quatro momentos distintos, a um sujeito com toxicodependência, no decorrer de um programa de musicoterapia. Estudámos os pressupostos teóricos relacionados com os conceitos de musicoterapia, toxicomania, corpo e imagem corporal, bem como a forma como se articulam no modo de compreensão psicanalítico. Transpusemos do protocolo Rorschach e das narrativas apresentadas nas instruções-espelho um conjunto de procedimentos de análise identificados e recolhidos a partir dos pressupostos que relacionam a forma como um sujeito com toxicomania narra o seu corpo e se relaciona com ele e com o mundo, em suma, quais os atributos desse corpo ao nível da Integridade e da forma, do Conteúdo, da Identidade, dos Afetos, da dinâmica dos Movimentos, Deslocamentos ou Imobilidades; que Tipo de Relações estabelece e de que forma as Representa. Foi usada uma metodologia qualitativa, centrada no estudo e análise da narrativa livre. Analisámos a narrativa Rorschach e a narrativa Espelho sob a influência dos mesmos procedimentos e relacionamos estes dois tipos de narrativa. Da análise e discussão dos resultados obtidos e na procura de síntese compreensiva, foi-nos possível verificar a presença de elementos variantes na narrativa do corpo expressa através do Rorschach e das narrativas espelho, bem como invariâncias no processo interceptivo destas duas narrativas. Por fim, propomos novos estudos, sobretudo visando o alargamento do método a uma amostra alargada de sujeitos com a mesma patologia, ou a mesma metodologia aplicada a outras patologias. Este estudo poderá sublinhar e clarificar o potencial clínico do Rorschach no que diz respeito à imagem corporal narrada por toxicodependentes, podendo contribuir para a compreensão do modo como os toxicómanos se relacionam com a sua imagem corporal e apontar novas possibilidades para o uso da Musicoterapia como elemento complementar ao estudo e à intervenção. A convergência face à leitura e compreensão de um determinado fenómeno através de diferentes áreas do conhecimento clínico, assume-se da maior importância como facilitador do acesso ao funcionamento mental do sujeito.
ABSTRACT: With this study we intend to verify the existence of invariables regarding body image, from the analysis of a Rorschach narrative and of narratives built from four mirror-instructions requested in four distinct moments, to a subject with drug addiction, throughout a music therapy program. We studied the theoretical assumptions related to the concepts of music therapy, drug addiction, body and body image, as well as the way how they articulate in the mode of psychoanalytic understanding. We have transposed the Rorschach protocol and of the narratives presented on mirror-instructions a group of procedures of analysis identified and collected from the assumptions that relate the way how a subject with drug addiction narrates his body and if he relates with it and the world, in sum, what are the attributes of that body at the level of Integrity and the form, of Content, of Identity, of Affections, of the dynamic of Movements, Displacements or Immobility; what Kind of relations it establishes and in which way it Represents them. It was used a qualitative methodology, focused in the study and analysis of free narrative. We analyzed the Rorschach narrative and the Mirror narrative under the influence os the same procedures and we related these types of narrative. From the analysis and discussion of the obtained results and in the search of the sympathetic summary, it was possible to us to verify the presence of variant elements in the body narrative expressed through Rorschach and mirror narrative, as well as invariances in the interceptive process of these narratives. Lastly, we propose new studies, primarily aiming the enlargement of the method to a extended sample of subjects with the same pathology, or the same methodology applied to other pathologies. This study can underline and clarify the clinic potential of Rorschach in what concerns the corporal image narrated by drug addicts, contributing to the understanding of the way hoe drug addicts relate with their own body image and point new possibilities to the use of music therapy as complementary element to study and intervention. The convergence against the reading and comprehension of a given phenomenon through different areas of the clinic knowledge, assumed of the upmost importance as facilitator of the access to the mental operation of the subject.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2746
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
13891.pdf496,45 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.