Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2656
Título: Dor miofascial crônica e alimentação: Uma relação a ser considerada pelo cirurgião-dentista?
Autor: Campos, Juliana Alvares Duarte Bonini
Carrascosa, Andréa Corrêa
Palavras-chave: Síndromes da dor miofascial
Ingestão de alimentos
Dieta
Aspectos psicossociais
Myofascial pain syndromes
Eating
Diet
Psychosocial aspects
Data: 2009
Editora: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Citação: Revista de Odontologia da UNESP, 38,307-312
Resumo: Objetivo: comparar o consumo energético, de macronutrientes e fibras por mulheres portadoras de dor miofascial crônica e não portadoras, atendidas durante o ano de 2006, em uma Clínica de Fisioterapia da cidade de Araraquara - SP. Métodos: Os grupos – controle e dor miofascial – foram definidos pelo Critério de Diagnóstico na Pesquisa para Desordens Temporomandibulares - Eixos I e II, sendo compostos por 36 e 37 indivíduos, respectivamente. As participantes foram entrevistadas para o preenchimento do recordatório alimentar de 24 horas de dois dias. A análise da ingestão de energia, macronutrientes e fibras foi realizada com auxílio do programa Virtual Nutri e os grupos foram comparados pelo teste t Student. Para o grupo com dor miofascial, foi realizado estudo de Correlação de Pearson entre os domínios propostos pelo Critério de Diagnóstico na Pesquisa para Desordens Temporomandibulares – intensidade média da dor, depressão, sintomas inespecíficos incluindo itens de dor e limitação da função mandibular – e o consumo de energia, macronutrientes e fibras. O nível de significância adotado foi de 5%. Resultados: Houve diferença estatisticamente significante entre os grupos no consumo de proteínas e lipídios, sendo este menor no grupo de mulheres portadoras de dor miofascial crônica. O consumo energético e de fibras esteve no limite de significância. Observou-se correlação não significativa entre os domínios do Critério de Diagnóstico na Pesquisa para Desordens Temporomandibulares e o consumo de energia, macronutrientes e fibras. Conclusão: O consumo de proteínas e lipídios foi diferente entre portadores e não portadores de dor miofascial crônica.
ABSTRACT: Abstract: Objective: to compare the energetic consumption, of macronutrients and fibers, of chronic myofascial pain carries and non-carries women, attended during the year of 2006, in the Physiotherapy Clinic of Araraquara - SP city. Methods: Control Groups and myofascial pain were defined by the Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders – Axis I and II, being composed by 36 and 37 individuals respectively. The food consumption of the participants were analysed by the 24 hours recall. The analysis of energy, macronutrients and fibers ingestion was realized with the support of the Virtual Nutri program and the groups were compared by the t Student test. For the group of myofascial pain carriers, it was realized the Pearson correlation’s study among the domains proposed by the Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders (pain intensity, depression, nonspecific physical symptoms including items of pain, limitations of jaw functioning) and the consumption of energy, macronutrients and fibers. The level of significance was 5%. Results: There was significant difference between groups regarding the consumption of proteins and lipids, being observed a lower consumption in the group of carriers of the chronic myofascial pain women. The energetic and fibers consumption was in the limit of the significance. It was observed a non-significant correlation between the domains of the Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders and the consumption of energy, macronutrients and fibers. Conclusion: The consumption of proteins and lipids were different between carries and non-carries of the chronic myofascial pain.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2656
ISSN: 1807-2577
Aparece nas colecções:UIPS - Artigos em revistas internacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ROUNESP_38_307-312.pdf504,98 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.