Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2613
Título: Trabalhar para viver, ou viver para trabalhar? Um estudo das variáveis que influenciam o equilíbrio trabalho-vida
Autor: Campelo, Marta Sofia Alves
Orientador: Oliveira, Teresa Cristina Clímaco Monteiro d'
Palavras-chave: Equilíbrio trabalho-vida
Horas extra
Horas da atividade principal
Estabilidade no emprego
Experiência de recuperação
Work life balance
Extra hours
Hours worked
Job security
Recovery activities
Data de Defesa: 2012
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Resumo: O presente trabalho propõe-se a estudar o efeito da experiência de recuperação, horas de trabalho e estabilidade no emprego no equilíbrio trabalho-vida. Adicionalmente explorou-se o efeito mediador da experiência de recuperação na relação entre horas de trabalho e equilíbrio trabalho-vida. Consideraram-se 174 participantes neste trabalho sendo que todos se encontravam a trabalhar no momento em que responderam ao questionário. A amostra recolhida foi bastante heterogenia, havendo uma predominância de participantes do sexo feminino (112 sujeitos), com idades compreendidas entre os 19 e os 65 anos, sendo na sua maioria licenciados (48,3%). Sendo o objetivo deste estudo testar o efeito mediador da experiência de recuperação na relação entre horas de trabalho e equilíbrio trabalho-vida, recorreu-se a uma análise de equações estruturais. Apesar de não se ter confirmado essa hipótese, realizou-se uma análise de carácter exploratório, tendo sido encontrado um efeito mediador do distanciamento psicológico na relação entre horas da atividade principal e equilíbrio trabalho-vida. Todas as variáveis demonstraram um efeito preditivo no equilíbrio trabalho-vida à exceção da estabilidade no emprego. Os resultados encontrados neste estudo permitem alertar as organizações para a importância de algumas práticas para o bom equilíbrio trabalho-vida, tão importante na vida dos indivíduos. Várias teorias suportam a ideia de que este equilíbrio é fundamental para o bom desempenho de ambos os papéis e para o bem-estar dos indivíduos. Permitem também consciencializar os trabalhadores, de que é possível recuperar das exigências laborais, desde que haja um empenho na experiência de recuperação.
ABSTRACT: The present research aims to study the effect of recovery experience, hours worked and job security in the work-life balance. For this study were considered 174 (all employed at the moment) and the sample collected was very distintic, having a predominance of women (112 subjects) with ages between 19 and 65 years old. Most part of them were graduated (48,3%). As the objective of this investigation was to study the mediator effect of recovery experiences in the relationship between hours worked and work-life balance, the data were analyzed with a structural equation modeling. As the hypothesis was not confirmed, exploratory analyzes were made, that suggested a mediator effect of psychological detachment in the relation between hours worked and work-life balance. All the variables showed a predictive effect on work-life balance with exception of job security. The results of this study are an alert to all organizations about the importance of some practices to accomplish a satisfying work-life balance, so important in individuals’ life. Several theories support the idea that this balance is crucial to a good performance in both roles (personal and professional) and for individuals’ well-being. They also allow workers to understand that it is possible to recover from work demands, as long as there’s a significant investment in the recovery experience.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Social e das Organizações, apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2613
Aparece nas colecções:PORG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
14924.pdf1,59 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.