Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2565
Título: Transferência e contra-transferência numa psicoterapia
Autor: Almeida, Manuel
Orientador: Pires, António Augusto Pazo
Palavras-chave: Transferência
Contratransferência
Repetição
Transference
Countertransference
Repetition
Data de Defesa: 2012
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Resumo: O presente trabalho é um estudo de um caso clínico de uma jovem de dezanove anos, a Ana. Tivemos o primeiro contacto com Ana num hospital psiquiátrico de Lisboa onde estava internada. Chegou ao Hospital pela mão de dois polícias que a tinham ido buscar a casa por alegados comportamentos agressivos. Foi-lhe atribuída uma psiquiatra que nos pediu uma avaliação psicológica. Dois meses mais tarde Ana procura-nos para tratamento. Empreendemos uma psicoterapia de orientação psicanalítica de duas sessões semanais nos primeiros seis meses passando depois para três sessões semanais. A paciente tinha dificuldades na expressão verbal. A utilização da comunicação não verbal predominou em certa fase do tratamento e tivemos dificuldade em compreender o sentido dessas suas comunicações. Inicia uma serie de comportamentos que não entendemos. Um deles durou sensivelmente três semanas: Ana fazia questão de entrar e sair repetidamente da sala durante o período de consulta. Certo dia opusemo-nos directamente a essa atitude observando-lhe que se voltasse a entrar e a sair daquela consulta repetidamente então seria melhor interromper aquela sessão e continuaríamos a trabalhar na sessão seguinte. Através da supervisão de casos foi-nos possível entrar em contacto de uma forma mais consciente com alguns processos mentais, nomeadamente os repetitivos, que poderiam estar a ocorrer na relação terapêutica. Essa análise despoletou uma modificação substantiva do curso da psicoterapia no que diz respeito à natureza da aliança terapêutica, sintonia afectiva e Interpretação (trata-se da análise de alguns aspectos transfero-contra-transferências, mais especificamente, trata-se da análise de alguns movimentos de Identificação Projectiva e contra-Identificação Projectiva. Assim e em primeiro lugar faremos uma breve revisão teórica do conceito de Identificação com especial incidência sobre o sub-conceito de Identificação Projectiva. Ainda no corpo teórico abordamos os temas da transferência e contra-transferência. Especifica-se algumas modalidades de transferência nomeadamente a chamada Transferência Psicótica e Border-line. No que toca à contra-transferência, abordamos alguns problemas que esta pode levantar. De seguida traçaremos uma breve história clínica da paciente (Anamnese) e apresentaremos vinte sessões. Algumas das sessões são muito breves como veremos. Por fim propomo-nos discutir algumas generalidades sobre a situação em análise e desenvolver pontos específicos como é o caso do fenómeno da Repetição no acting-it-out como mecanismo de Identificação Projectiva. O que estaria a paciente a querer dizer com o seu acting? Tentamos perceber especificamente: como se organizam os sentimentos de medo, desespero e impotência dentro do paciente; como este comunica esses sentimentos ao terapeuta (transferência); como o terapeuta recebe e organiza dentro de si o seu medo, os sentimentos de impotência e desespero; como o terapeuta responde ao paciente (contra-transferência); como essa resposta prejudica ou beneficia o paciente.
ABSTRACT: In this paper we explore some aspects of transference and counter-transference during an analytical psychotherapy process and the role of repetition on it. This girl, Ana, engaged the following behavior: Exit and entrance in the clinical room for three weeks during the period of the session. One day the psychotherapist refuses to continue the session if that happens again, This attitude from the therapist is a technical error and it was described in psychoanalytical theory as counter-projective-identification. What we explore is: how come the psychologist organizes inside him the projective identification from the client. How he responds to the patient in order to allow her understands what´s happening inside of her. For this, we will describe in short terms the concept of transference, counter-transference, projective identification. Then we will present a short live story of the patient. The clinical material will be present in the following sessions. At the end, we will be discussion the matter of repetition in order to provide some hypothetical reason to understand this behavior from the client.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica, apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2565
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
6955.pdf568,68 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.