Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2555
Título: Abuso sexual infantil: O processo de revelação do abuso sexual: Reações paternas
Autor: Sequeira, Maria João Ribeiro
Orientador: Pires, António Augusto Pazo
Palavras-chave: Abuso sexual infantil
Revelação
Reações paternas
Child sexual abuse
Disclosure
Paternal reactions
Data de Defesa: 2013
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Resumo: Esta revisão analisa a literatura existente sobre o abuso sexual infantil, nomeadamente as reações emocionais paternas, de pais não maltratantes, à revelação do abuso. A literatura tem indicado que as famílias de crianças vítimas de abuso sexual, ao tomarem conhecimento da situação de abuso dos seus filhos, podem apresentar uma variedade de manifestações e reações. O suporte familiar está associado ao ajustamento da sexualidade das crianças abusadas. A literatura demonstra ainda que, na generalidade, as mães acreditam na revelação do abuso. Que mesmo as mães que são protetoras manifestam respostas ambivalentes e inconsistentes. Tanto os pais como as mães não maltratantes manifestam reações emocionais angustiantes face à revelação do abuso. No entanto, os estudos sobre o abuso sexual infantil são insuficientes e não são suficientemente esclarecedores ou são contraditórios no que concerne às reações paternas à revelação do abuso.
ABSTRACT: The present study aimed to examine the existing literature on child sexual abuse, including parental distress, of nonoffending fathers, to disclosure of abuse. Parental support is associated with the adjustment of sexually abused children. The published literature suggests, that mother generally believe their children’s allegations. Even mother who are protective often exhibit inconsistent and ambivalent responses. Both nonoffending mothers and fathers often experience significant distress following their children’s allegations. The literature has shown that families of child victims of sexual abuse, upon learning of the situation of abuse of their children, may have a variety of expressions and reactions. However, studies of child sexual abuse are insufficient and not sufficiently enlightening or have mixed conclusions with respect to parental reactions to disclosure of abuse.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicocriminologia, apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2555
Aparece nas colecções:PLEG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
14586.pdf151,53 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.