Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2553
Título: Funções executivas e ideação suicida em adolescentes
Autor: Ramos, António Manuel Lúcio Junqueiro
Orientador: Pereira, Maria Gouveia
Palavras-chave: Disfunções executivas
Ideação suicida e adolescência
Executive dysfunction
Suicide ideation and adolescence
Data de Defesa: 2013
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Resumo: O nosso estudo num primeio momento procurou investigar se existe uma relação entre as disfunções executivas (planeamento e resolução de problemas) e a ideação suicida na população adolescente e, num segundo momento, dividiram-se os adolescentes em três escalões etários por questões de ordem de desenvolvimento cognitivo (funções executivas) no sentido de analisar se esta variável em conjunto com as disfunções executivas tinha efeitos de interacção sobre a ideação suicida. Excluiu-se a doença neurológica e sequelas de traumatismos crânio-encefálicos na população estudada, no sentido de analisar claramente a relação entre as disfunções executivas (planeamento e resolução de problemas), a ideação suicida e sua interacção com idade. Para o estudo foi aplicado o Questionário de Ideação Suicida (QIS) e um teste de funções executivas computorizado Stockings of Cambridge (SOC), usando-se uma medida de planeamento e resolução de problemas do SOC com maior grau de dificuldade do mesmo. Os resultados apontam para uma correlação negativa e significativa entre a ideação suicida e disfunção executiva, quanto maior é a funcionalidade executiva menor é a ideação suicida. Este estudo revelou também que os valores da ideação suicida não são influenciados pela idade, que não existe efeito de interacção entre a idade e disfunção executiva, mas que existe um efeito da disfunção executiva sobre a ideação suicida, sendo que os sujeitos que apresentam disfunção executiva têm níveis de ideação suicida significativamente mais elevados.
ABSTRACT: Our study pretends to investigate in a first moment if there is a relationship between Executive dysfunction (planning and problem solving), and suicide ideation in adolescent, in a second moment, we divided the adolescence population in to three age groups. Based on cognitive development (executive functions), to analyse if that variable in conjunction with dissecutive functions had efffects of interaction on suicide ideation. We excluded subjects with neurological disease, and damages of brain trauma on the population studied, in sense of make a more clarifying analysis between the relation of dissecutive functions (planing and problem resolutions), suicide ideation and there interaction with age. For the study, we applied the Suicide Ideation Questionnaire (QIS) and a computerized test of executive functions, named Stockings of Cambridge (SOC), using a measure of problem solving of SOC with the greater degree of difficulty of the test. The results point to a negative and significative correlation between suicide ideation and executive dysfunction: higher results in executive function are in relation with low results in suicide ideation. This study, also revealed that the results of suicide ideation are not influenciated by age, that don`t exists an effect of interaction between age and executive dysfunction, but exists an effect of executive dysfunctions within suicide ideation, the subjects that presented executive dysfunction revealed significatively more elevated values in suicide ideation.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica, apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2553
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
6404.pdf251,73 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.