ISPA Repositório do ISPA
 
  Novo Utilizador? Registe-se aqui! Utilizador Registado? Entrar  

Repositório do ISPA >
Psicologia Clínica >
PCLI - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.12/2546

Título: Representações da figura paterna de crianças expostas à violência interparental: Estudo exploratório
Autor: Henriques, Maria José Figueiredo Diniz
Orientador: Salgueiro, Emílio Eduardo Guerra
Palavras-chave: Exposição à violência interparental
Representações
Figura paterna
Clivagem
Agir em conformidade
Exposure to inter-parental violence
Representations
Father figure
Split
Acting in conformity
Issue Date: 2013
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Resumo: A literatura evidencia a ausência de estudos sobre a qualidade da relação pai-criança em contextos familiares marcados por conflitualidade violenta entre as figuras parentais. Este trabalho pretendeu contribuir para a sua compreensão, estabelecendo como objectivo aceder às representações da figura paterna de crianças expostas à violência interparental. Foram realizadas entrevistas e aplicadas provas de desenho da família imaginada e real, a uma amostra constituída por cinco crianças em acolhimento em casa abrigo e cinco crianças em pós-acolhimento, com idades compreendidas entre seis e onze anos. Entrevistámos as suas mães para aceder às representações do ex-parceiro enquanto pai. O modelo teórico construído de acordo com a Grounded Theory, a análise das entrevistas às crianças, evidenciou a sua necessidade em manter separadas duas representações antagónicas da figura paterna. As crianças avaliaram alternadamente o comportamento do pai na conjugalidade e na paternidade, revelando capacidade para agir em conformidade com as suas reacções e humores. A clivagem permitiu-lhes manter a ligação ao pai e gerir um conflito de lealdades na fase em que viviam juntos. A separação dos pais e as actuais condições de vida contribuíram para uma focalização numa das facetas do pai. As crianças em acolhimento mantêm o foco na sua faceta violenta e procuram manter a distância, enquanto as crianças em pós-acolhimento avaliam o seu envolvimento e respondem de forma recíproca. A análise dos desenhos reforçou pressupostos do nosso modelo teórico. As entrevistas às mães evidenciaram uma avaliação negativa/ambivalente da paternidade dos ex-parceiros e o seu desagrado pela expectativa de reaproximação ou continuidade da relação pai-criança.
ABSTRACT: Evidentially, current literature lacks studies about the quality of father-child relationships in families marked by violent conflict between the parental figures. This study contributes to an understanding of this relationship, its goal being to access representations of the father figure of children exposed to inter-parental violence. Interviews conducted and children's drawings of imagined and real families were obtained from a sample of ten children, between six and eleven years of age, currently living in shelters, as well as children in post-shelter situations. We interviewed the mothers about their former partners in their paternal role. The theoretical model was created according to Grounded Theory, in analyzing interviews with children; their necessity to have two antagonistic representations of the father figure was evident. The children evaluated alternately their father's behavior in the marital relationship and in fatherhood, revealing capacities to act in accordance with their reactions and moods. This spit allowed them to keep the connection to their father and manage a loyalty conflict while the family lived together. Parental separation and their current situation lead them to focus more on one facet of the father. Children in shelters put their focus on the father’s violent facet and try to keep a distance from him, whereas children in post-shelter situations evaluate their father´s involvement and respond reciprocally. Analysis of the children's drawings reinforced the assumptions laid out in our theoretical model. Interviews with mothers showed negative or ambivalent evaluations of their ex-partners and their discontentment with the perspective of a reconnection or continuing father-child relationship.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica, apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2546
Appears in Collections:PCLI - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
15033.pdf9,98 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

© 2009 Instituto Superior de Psicologia Aplicada - Feedback - Statistics
   Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE